Cobertores e papelões - que servem como cama - sendo retirados pela Comlurb - Foto: Reprodução/TV Globo

Em meio a ações de solidariedade que temos visto durante o delicado momento de crise econômica que muitas pessoas estão passando, ocasionada pela pandemia do Coronavírus, agentes da Operação Centro Presente, juntamente com funcionários da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), protagonizaram exatamente o contrário na última sexta-feira (19/06), na região central do Rio de Janeiro.

No Largo da Carioca, moradores de rua tiveram seus papelões, que servem como cama, e cobertores retirados ”à força” por profissionais dos 2 órgãos. Vale ressaltar que o inverno teve início neste sábado (20/06) no país.

”Já chegaram mandando o pessoal sair do meio do chafariz, e o que ficou pra trás eles jogaram dentro da caçamba. Pegaram o cobertor de um, botaram as outras coisas em cima, arrastaram e jogaram dentro da caçamba”, disse Wiliam Evangelista, morador de rua da região, que relatou também que uma mulher teve sua bolsa cheia de documentos jogada no interior do caminhão de lixo, mas seu marido conseguiu recuperar.

Foto: Reprodução/TV Globo

Através de nota oficial, a Comlurb disse que a ação ”não é uma prática da empresa, que está ciente da insensibilidade ocorrida e que exonerou o responsável pelo acontecimento”. Já o Programa Segurança Presente argumentou que os itens recolhidos não foram reivindicados por ninguém, e por isso foram levados.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

2 COMENTÁRIOS

  1. E o que a Secretária de Ação Social da Prefeitura tem a dizer?
    Ninguém a procurou?
    Embora não estivesse no ato, é ela que deveria cuidar de assuntos afetos às pessoas em situação de rua.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui