Morro da Conceição, por Claudio LaraAlgo que me incomoda muito no Rio é nossa imprensa, leio constantemente as notícias sobre o Rio nos sites dos jornais cariocas, e quando leio fico com medo de pisar na calçada, de ir a um bar, até de respirar. É morte para lá, incêndio para cá, atropelamento ali e um assalto acolá. Já falei que a cidade tem seus problemas, claro que tem! Mas do jeito que a imprensa borda, fico com vontade de mudar para Bagdá.

Não, O Globo, O Dia não tem de apenas falar bem do Rio, mas custa comentar o que está acontecendo de bom? Será que todos os jornais cariocas viraram O Povo? E para vender precisa vir manchado de sangue?

Na cabeça dos editores de nossa imprensa a boa notícia é proibida, é pecada: “Meu Deus, o que nossos leitores vão pensar?”, “Não, o Rio é um cidades com desemprego mais baixo do Brasi? CORTA ISSO, vai que aumenta a auto estima dos cariocas?!”. Os editores devem pensar que elogiar a cidade é medo de falar bem do governante (prefeito, governador, presidente), vai ver que para isso os editores acham que o Governo tem de pagar espaço de publicidade.

Sabe, para cada má notícia tinha de ter espaço idêntico para uma boa notícia, mas nunca o contrário. A realidade é bem menos perigosa do que pinta a imprensa.

A foto do post é do Morro da Conceição, tirada por Claudio Lara. Ponho para mostrar que, ao contrário do imaginário geral, morro não é tráfico. A imagem abaixo também foi retirada do Flickr de Lara.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui