Prédio construído irregularmente no Vidigal virará Clínica da Família

Decreto publicado pela Prefeitura autoriza a transformação de construções ilegais ligadas a associações criminosas em espaços destinados à saúde e educação da população

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Prédio construído irregularmente no Vidigal - Foto: Fábio Costa/Secretaria de Ordem Pública do Rio

Na última terça-feira (03/10), a Prefeitura do Rio de Janeiro publicou, no Diário Oficial do Município, um decreto que autoriza a transformação de construções irregulares ligadas a associações criminosas em espaços destinados à saúde e educação da população.

Em meio a isso, um prédio de sete andares erguido de maneira ilícita no Vidigal, Zona Sul da capital fluminense, será transformado em unidade da Clínica da Família

De acordo com o texto, o planejamento e as ações necessárias para que seja cumprida a função social em construções ilegais ficará a cargo da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop).

As instalações, porém, só poderão ser reutilizadas depois que haja uma análise de integridade e a entrega de um relatório técnico da Defesa Civil carioca.

Advertisement

Em relação ao imóvel no Vidigal, o prédio foi demolido pela Seop em janeiro deste ano. O edifício, situado na Rua Doutor Olinto de Magalhães, tinha 10 andares e contava com garagem, terraço e térreo, além de vista para o mar. A ação causou um prejuízo estimado de R$ 15 milhões ao crime organizado local.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Prédio construído irregularmente no Vidigal virará Clínica da Família
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui