Prédio-símbolo do Corredor Cultural, no Centro, será grande magazine de produtos para festas

O imenso casarão, na Avenida Passos, 36, fica de frente para a SAARA, e tem 2.400m2. Em expansão, a loja Vivian Festas fechou a locação do espaço e deve inaugurar um novo momento para a região.

O grande e histórico prédio em estilo Art Nouveau, na Avenida Passos, será uma grande loja da Vivian Festas. Serão 2.600m2 dedicados a produtos para festas e para a casa. /Foto: Rafael Bokor - Rio Casas e Prédios Antigos

Um dos imóveis históricos privados mais bonitos e celebrados do Centro do Rio vai voltar a ter utilização comercial, após um longo período sendo usado apenas como espaço de eventos. O casarão da Avenida Passos 36 está intimamente ligado à história do varejo na cidade, tendo funcionado nele dois grandes magazines que fizeram história no passado: a Casa Lucas e a Casa Esperança, esta última uma das maiores revendedoras de eletrodomésticos na sua época.

Depois, o lindo imóvel de três pavimentos, fachada detalhada com belos vitrais e detalhes art nouveau foi adquirido pela histórica – e que ainda trabalha pesado no ramo de cama, mesa e banho – Casas Franklin, mas a empresa acabou se mudando para um imóvel quase em frente há alguns anos. Neste ínterim, o imóvel se tornou símbolo do projeto do Corredor Cultural Carioca, que protege os imóveis coloniais e da belle époque que são em grande número na região central. Com a decadência do Centro durante a gestão de Marcelo Crivella e a pandemia, vários imóveis do tipo ficaram vazios.

No esteio dos projetos de revitalização do Centro do Rio levados a termo pela atual gestão da Prefeitura, e com o aparente sucesso do Projeto Reviver Centro, especialistas começam a dar conta de que as coisas começam a melhorar na região, com várias locações e vendas de lojas e sobrados começando a ocorrer, ainda que, segundo eles, as salas e escritórios ainda estejam sofrendo com altas taxas de vacância. Um grande exemplo desse momento de otimismo é a negociação do emblemático imóvel, fechada esta semana, com a Vivian Festas, que, no ano que vem, inaugurará um de seus imensos magazines especializados em celebrar a vida – tendência que começo a voltar com força. O negócio foi fechado pela Sergio Castro Imóveis, no apagar das luzes de 2021.

Temos um departamento dedicado exclusivamente em tratativas de venda e locação de imóveis históricos. Não é qualquer empresa que sabe lidar com as especificidades de propriedades assim. É preciso o cliente certo, que entenda e respeite a história e os usos possíveis para um casarão. Não é à toa que nós mesmos ocupamos 3 imóveis centenários em uso com algumas das filiais da empresa”, gaba-se Rodolfo Rique, coordenador executivo da imobiliária que foi responsável pela negociação de propriedades como o Largo do Boticário, o Teatro Riachuelo (antigo Cine Palácio) e o Hotel Santa Teresa. A empresa afirmou que não pode revelar detalhes da transação.

As grandes lojas da Vivian Festas são bastante procuradas e badaladas, inclusive no Youtube e outras redes sociais. Segundo uma reportagem do Jornal Extra, a empresa começou sua trajetória de sucesso com duas lojas em Caxias e Nova Iguaçu. Chegou com estardalhaço à Barra da Tijuca, onde sua mega-loja rivaliza com as lojinhas do shopping Uptown, do outro lado da Avenida Ayrton Senna; hoje, a empresa é uma grande referência na cidade. Além de artigos para festas e comemorações, vende também coisas para o lar. A inauguração da loja da Barra, há dois anos, teve grande destaque.

Loja da Vivian Festas, na Av. Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no dia de sua inauguração. Foto: Divulgação

Para Marcio Roiter, presidente do Instituto Art Déco Brasil e especialista em design do século XX, “a originalidade e exuberância Art Nouveau da fachada com caracteristicas ecléticas se tornou o simbolo do Corredor Cultural, programa municipal de preservação arquitetônico-urbanistica do Centro do Rio, criado em 1984“. Roiter está finalizando a reforma da nova sede do Instituto que teve como presidente de honra o arquiteto e ex-prefeito Luiz Paulo Conde, no Jardim Botânico, e supervisionou diversas recuperações de imóveis no estilo eclético, como foi o caso das duas lindas casas que compõem a antiga Pensão Pick, onde Jacob do Bandolim aprendeu a tocar, na rua Joaquim Silva, 97 (hoje restaurante Bandolim). E finaliza, ensinando: “A águia luminária [Foto abaixo] nos faz lembrar as 5 águias esculpidas por Rodolpho Bernadelli, que em 1896 foram acrescentadas ao Palácio do Barão de Nova Friburgo à rua do Catete, e que nesta data se torna a residência oficial do Presidente do Brasil. Águias passaram a pousar em toda construção de luxo!“.

O negócio foi festejado também pelo Secretário de Planejamento Urbano, Washington Fajardo. Feliz com o bom andamento do Reviver Centro, que licenciou mais 217 novas unidades residenciais nos últimos dias, disse “que a Casa Pavão, para os íntimos, é o principal ícone do Corredor Cultural, tendo ornamentado e ilustrado a grande maioria do cadernos, brochuras e mapas que foram produzidos para este projeto urbano, considerado por muitos autores como o experimento urbanístico mais arrojado feito no Brasil depois da construção de Brasília”. Para Fajardo, “a renovação de uso da Casa Franklin vem ocorrer em ótimo momento, trazendo novos ânimos para o Reviver Centro, onde se beneficiará em breve da reforma urbana do SAARA promovida pela Prefeitura do Rio.”

A nova ocupante do lindo casarão tem tudo a ver com o ponto, que durante anos contou com a histórica Casa Turuna, especializada em artigos para festas e fantasias de carnaval. A Turuna, infelizmente, fechou as portas em 2020. Mas agora o Centro da Cidade ganhará substituta à altura; e com um espaço muito maior.

O imóvel foi alvo de uma sessão de fotos do site Rio – Casas e Prédios Antigos, de Rafael Bokor. E a beleza do seu piso de ladrilho hidráulico, belos vitrais coloridos e da forma com que se divide internamente, é de tirar o fôlego. O prédio conta com elevador panorâmico, balaustrada de ferro fundido, e detalhes em madeira que demonstram o esmero das construções da época, garantindo um visual de grandiosidade. (fotos abaixo)

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Esse tesouro merecia ser um centro cultural.

    Ps: Quintino, está muito difícil ler e interagir com seu site na versão mobile, com tantos popups de anúncios, mas parabéns pelo grandioso trabalho.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui