Prefeitura do Rio inaugura o Centro Especializado em Infectologia Valda do Borel, na Praça da Bandeira, na Zona Norte

Mais de 25 mil pessoas convivem com HIV, na capital fluminense. Deste total, 23 mil tratam a doença em unidades municipais de saúde

Eduardo Paes e Daniel Soranz durante a inauguração da unidade de saúde / Divulgação: SMS

Com capacidade para a atender 2.500 pacientes mensalmente, o Centro Especializado em Infectologia Valda do Borel, na Praça da Bandeira, na Zona Norte da cidade, foi inaugurado nesta quarta-feira (28), com a presença de Eduardo Paes (PSD) e do secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz (PSD). A edificação fica no interior da Policlínica Hélio Pellegrino.

A unidade oferecerá à população serviços de prevenção, diagnóstico, tratamento, consultas e exames a portadores com HIV e outras doenças infectocontagiosas, como: hepatites virais, hanseníase e tuberculose. O Centro será também um polo de pesquisas e treinamento de profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS).

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, afirmou que a unidade é uma grande conquista para a cidade por possibilitar o tratamento de pacientes em condições mais complexas de saúde.

Mais de 25 mil pessoas convivem com HIV, na capital fluminense. Deste total, 23 mil tratam a doença em unidades municipais de saúde. Graças aos atendimentos prestados, mais de 80% dos pacientes têm boas condições de saúde e vivem com a carga viral indetectável.

O Centro Especializado em Infectologia Valda do Borel também vai fornecer atendimento nas especialidades de pneumologia, hepatologia, gastroenterologia e dermatologia.

As informações são da BandNews Rio de Janeiro.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui