Estátua de Chacrinha, na Zona Sul do Rio, ''mascarada'' na manhã desta quinta (23/04) - Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

Nesta quinta-feira (23/04), dia do início oficial da determinação de utilizar máscaras na cidade do Rio de Janeiro, a Prefeitura promoveu uma ação de conscientização e mais de 40 estátuas espalhadas por diversos pontos do município amanheceram ”mascaradas”.

Essas máscaras são feitas de TNT e ficarão colocadas nos monumentos por cerca de 10 dias.

Sobre as esculturas que foram ”contempladas” com a ação, estão, entre outras, os bustos de Zumbi dos Palmares, no Centro, e em Padre Miguel, na Zona Oeste; as estátuas de Bellini, em frente ao estádio do Maracanã, a de Cartola, na Mangueira, e a de Carlos Drummond de Andrade, na orla de Copacabana.

Uma das mais famosas da cidade, estátua de Bellini – capitão da seleção brasileira no 1º título mundial, em 1958 -, localizada em frente ao Maracanã, também amanheceu com máscara – Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

A nova regra, que visa o combate à proliferação do Coronavírus no município, permite multa (ainda sem valor exato definido) para quem for visto dentro de estabelecimentos comerciais considerados essenciais – que estão aptos a funcionar – sem a utilização de máscaras.

O detalhe é que não serão as pessoas físicas que descumprirem a determinação as multadas, mas sim os próprios comerciantes/lojas.

Além da cidade do Rio de Janeiro, o uso de máscaras se torna obrigatório também nos municípios de Niterói, na Região Metropolitana, e Duque de Caxias e Magé, ambos na Baixada Fluminense.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui