Radar no bairro de Ramos multou em um mês o equivalente ao que levaria três anos e meio para multar

Localizado na Rua Barreiros, o sistema gerou 189 multas gravíssimas. No mesmo mês no ano passado, foram 8 multas gravíssimas

Foto: Google Maps

Em março deste ano, um radar localizado na Rua Barreiros, em Ramos, gerou 189 multas gravíssimas. No mesmo mês no ano passado, foram 8 multas gravíssimas. A movimentação atípica chamou a atenção de motoristas acostumados a passar pela via, como o geógrafo Hugo Costa.

“Eu passo há uma década por este radar diariamente e nunca fui multado. Neste mês de março de 2022, fui multado duas vezes, multas gravíssimas (mais de 50% da velocidade permitida) 880 reais e 18 meses de suspensão de carteira”, afirma Hugo.

Dados conseguidos através da Lei de Acesso à Informação (LAI)

São muitos os relatos de motoristas que foram surpreendidos por multas geradas por este radar. “Eu fui multado em março. Eu passo ali sempre ligado por causa do cruzamento antes e no final da Barreiros porque tem a curva”, conta Jansen Haffner em uma postagem no Facebook com muitos relatos similares.

A Secretaria Municipal de Transportes informou ao DIÁRIO DO RIO que todas as multas de março aplicadas por este radar estão em processo de cancelamento.

Todavia, condutores se queixam também desta situação: “Falaram nesse cancelamento, mas até agora nada foi resolvido”, diz Hugo Costa.

Diversas defesas apresentadas pelos motoristas foram negadas. “Estou aguardando. Por três vezes meu recurso foi indeferido”, pontua Edilva Cristina.

Em maio de 2021, a Prefeitura do Rio anunciou que seria oferecido 1,2 salário para funcionários da CET-Rio e da Secretaria Municipal de Transportes caso o município batesse em até 65,28% a arrecadação com multas eletrônicas de trânsito (pardais e lombadas) em relação à prevista no orçamento de 2021. Em março deste ano, a prática passou a ser proibida, conforme a Lei nº 7.258/2022.

Advertisement

13 COMENTÁRIOS

  1. O interessante é que os sinais de trânsito do Município não estão funcionando direito.
    Todos os dias, são vários “apagados”.
    Porém, os pardais, todos novinhos e funcionando.
    A falta de manutenção dos semáforos poderia ser uma matéria. Porém, não vejo nenhuma mídia cobrir tal fato

  2. Concordo com o Roberto, são 1 minuto nesse sinal com radar, o pior, perto de um lugar completamente deserto, escuro e passagem de motos pela passarela e não tem nenhuma PM. Tenho que vir de vagar até o sinal abrir, e quando abre, fecha rapidamente, cheio de pedestres fantasmas atravessando a via, isso é um absordo.

  3. Na 4° CRE (Coordenadoria Regional de Educação/Olaria = Órgão do Município) ou mediações, não se vê nenhuma GM ou Câmera de ordem e fiscalização; a presença de usuários de drogas são comuns, assim como os furtos; AGORA a menos de 1km se “vê” (modo de falar) um Guarda Municipal com câmera E celular em uma curva para pegar Cidadãos que passam o sinal para pedestres (na maioria das vezes sem uma alma viva).

  4. Eu concordo que os motoristas do rio de janeiro tenham que passar por algum tipo de choque de ordem ,por que o rio está um caos para dirigir, ninguém quer seguir regra,está uma zona, agora esse tipo de multa não resolve nada ,só serve pra encher o bolso da prefeitura,se esse dinheiro retornasse de alguma forma para o motorista blz,só que não é assim que acontece, já que o rio está uma zona mesmo,quem sabe esses cracudos que ficam roubando tudo quem sabe poderiam começar a roubar e danificar esses radares ,oque vcs acham?

  5. Que arrependimento, votei nesse prefeito Soldado do ladrão e hj passamos por isso, realmente existe uma fábrica de multas, sou Morador da Penha a anos e só nas gestões desse Soldado do ladrão que a guarda municipal e radares além de maus instalados em áreas criticas com auto índice de assalto viraram fábrica de multas, os radares colocados próximo a igreja N.S desatadora de nós é um crime com o cidadão, muitos assaltos no local!

  6. Que arrependimento, votei nesse prefeito Soldado do ladrão e hj passamos por isso, realmente existe uma fábrica de multas, sou Morador da Penha a anos e só nas gestões desse Soldado do ladrão que a guarda municipal e radares além de maus instalados em áreas criticas com auto índice de assalto viraram fábrica de multas, os radares colocados próximo a igreja N.S desatadora de nós é um crime com o cidadão, muitos assaltos no local!

  7. Há séculos não vejo essa GN trabalhando na zona norte. A prefeitura arrecadaria um um bom dinheiro se multasse motoristas que estacionam em vagas reservadas para PCD, gestantes e idosos.
    As vagas prioritárias estão sempre ocupadas por motoristas que sofrem com DEFICIÊNCIA MORAL

  8. Quero deixa minha colaboração mediante essa notícia. Passo nessa rua que se chama “Barreiros” . Onde fica esse radar tem assalto quase todos os dias. Eu já presenciei 4 assaltos, e consegui sair numa rua a esquerda. Quem é morador é quem sabe. Eu já passo nesse local há 15 anos.

  9. Nenhuma novidade, o Paespalho é um ‘tremendo gestor”, disseram, um “especialista em colocar as contas em ordem”…e por aí vai, só não dizem como: aumentando impostos, deixando de pagar reajuste dos servidores previsto em lei, deixando de pagar direitos pecuniários dos servidores suspensos na época da pandemia, deixando de pagar fornecedores, deixando de pagar credores e etc…o cara é um gênio em finanças!!!!!!!! Afora tudo isso, coloca essa GM inútil exclusivamente pra multar o cidadão, eles não prendem flanelinhas, não patrulham bens e parques públicos, não fazem ordenamento urbano, não combatem poluição sonora, nem desmatamento, ou seja, não fazem nada em prol da sociedade carioca de bem, só multam, multam e multam. A GM , na gestão Paespalho, sempre foi um órgão ARRECADADOR. É assim que o soldado do Mula sempre agiu…

  10. A educação no trânsito do RJ está vergonhosa e inaceitável para um ambiente de sociedade. Tem que colocar em sinais de trânsito, fiscalizar estacionamento em calçadas e também melhoras sinalizações. Se associam multa à faturamento municipal, que troquem por cesta básica. O que importa é que consigamos transitar, atravessar a rua sem MEDO de estar vindo uma moto na contramão e com a certeza de que um carro não vá avançar o sinal.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui