Raios danificam Cristo Redentor; prejuízos ultrapassam os R$ 300 mil

Os estragos incluem refletores, câmeras, sistemas de painel de LED, além de roteadores, switches e rádios transmissores danificados

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O Monumento do Cristo Redentor tem sido alvo frequente de raios durante as tempestades recentes na cidade. Construído em uma região rochosa, a estrutura fica especialmente vulnerável a essas descargas atmosféricas. Nas últimas semanas, os prejuízos causados ultrapassaram os R$ 300 mil, afetando a infraestrutura do monumento.

O incidente mais recente ocorreu durante uma tempestade, quando um raio atingiu o Cristo Redentor no exato momento em que um casal gravava um vídeo romântico próximo ao local. O fenômeno assustou os visitantes, mas felizmente não houve feridos. A imagem do raio atingindo o monumento viralizou nas redes sociais.

Os estragos causados pelos raios são visíveis, com 70 refletores, 22 câmeras, 5 sistemas de painel de LED, além de roteadores, switches e rádios transmissores danificados. A equipe responsável pela manutenção do Cristo Redentor está empenhada em reparar e recuperar esses equipamentos danificados, garantindo a segurança e a preservação desse importante patrimônio cultural e turístico da cidade.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Raios danificam Cristo Redentor; prejuízos ultrapassam os R$ 300 mil
Advertisement

13 COMENTÁRIOS

  1. Não só o Cristo, mas a Igreja da Penha também sofre com os raios. Só que os custos de manutenção são todos da igreja, diferente do Cristo que tem uma empresa que arrecada milhões com sua exploração. Algumas semanas atrás presenciamos dois raios atingirem o pátio da igreja durante uma tempestade.

  2. Um tipo de chamada alarmista que deveria ser combatida (e criticada) na mídia que gosta de atrair atenção com mentiras ou sensacionalismos. É evidente que danos causados em aparelhos que compõem a infraestrutura da atração é bem diferente do entendimento de um título como “Raios DANIFICAM Cristo Redentor”, que inclusive pode assustar turistas que pensarão estar lá em cima correndo risco de serem fulminados por raios, ou então ver o Cristo Redentor desabando sobre eles. Esse tipo de recurso é simplesmente desonesto e, por conseguinte, desprezível numa imprensa que deveria apegar-se aos fatos, e não atrair gente que vide de disseminar tragédias.

  3. P.S.: “denunciarei” a situação da paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição e Boa Morte até vê-la novamente reaberta ou até a minha morte.

  4. Não entendo bem do assunto, mas creio que a responsabilidade maior seja da Arquidiocese do Rio de Janeiro. E se for realmente o caso…cobrar de Dom Orani Tempesta que providencie que sejam feitas as devidas manutenções no monumento, que é um ícone da cidade do Rio de Janeiro como a Estátua da Liberdade para Nova York!
    E tocando neste assunto, pode parecer uma forçassão de barra mas: Existe uma Igrejinha na Rua do Rosário com Av. Rio Branco que desde 2.020 está fechada (NOSSA SENHORA DA IMACULADA CONCEIÇÃO E BOA MORTE) – já “DENUNCIEI” aqui inúmeras vezes e continuarei fazendo – é uma Igreja com talvez 200 anos de idade ou mais e está TOTALMENTE ABANDONADA PELA IGREJACATÓLICA – da qual sou membro de verdade! Certamente é Tombada pelo PODER PÚBLICO…mas daqui a pouco…se não reabrirem com as manutenções necessárias…vai tombar mesmo! Tenho certeza de que algum(ns) responsável(eis) pela dita igrejinha já leu postagem minha e ignorou, pois não tenho lido respostas com esclarecimentos! Deve ser Ordem Terceira ou sei lá! DOM ORANI? EDUARDO PAES? CLAUDIO CASTRO?

    Bom é isso…mas uma vez tenho que aproveitar a deixa e tocar neste assunto!

    E vamos torcer para que a ARQUIDIOCESE ou O PODER PÚBLICO façam os devidos reparos no CRISTO REDENTOR, que todos os anos é atingido por raios e não pode ser abandonada pelos responsáveis como certa igrejinha na Rua do Rosário com Av. Rio Branco.

    Obrigado por mais esta matéria ao DIÁRIO DO RIO.

  5. Uma matéria da CNN em 2021 estimou que o cristo recebe quase 2 milhões de pessoas por ano, o ingresso custa uma média de 100 reais por pessoa. Não tem o porquê de não ter muito dinheiro sobrando pra resolver isso aí.

  6. Uma matéria da CNN em 2021 estimou que o cristo recebe quase 2 milhões de pessoas por ano, o ingresso custa uma média de 100 reais por pessoa. Não tem o porquê de não ter muito dinheiro sobrando pra resolver isso aí.

  7. A estátua do Cristo Redentor não é um bem publico. A estátua do Cristo Redentor, patrimônio cultural e turístico da cidade, é propriedade da Arquidiocese do Rio de Janeiro, ou seja, da Igreja Católica.

  8. Se for problema da prefeitura mais um ano a saúde vai ficar na merda,já vão inventar de fazer reparos nele e os hospitais precisando de tudo,as clínicas da família sem médicos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui