Restaurante carioca fica em 2º lugar entre os melhores do mundo

Inaugurada em 2010 no Leblon, Rio de Janeiro, a casa só ficou atrás do estabelecimento do inglês The Old Stamp

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Oro Restaurante, comandado pelo renomado chef Felipe Bronze, conquistou o segundo lugar na lista promovida pelo site TripAdvisor dos 25 melhores restaurantes do mundo. Inaugurada em 2010 no Leblon, Rio de Janeiro, a casa só ficou atrás do estabelecimento do inglês The Old Stamp.

Especializado na chamada “cozinha brasileira de vanguarda” e com duas estrelas no Guia Michelin, o Oro conta com duas opções de menu degustação: o “Criatividade”, feito com ingredientes da estação, e o “Afetividade”, com receitas consagradas de Felipe Bronze.

O Rio também se destacou no “Latin America’s 50 Best Restaurants”, tradicional ranking anual feito desde 2013 e que já está em sua 10ª edição, que classifica os 50 melhores restaurantes da América Latina. Em, 2022, a cidade ocupou duas vagas na lista com os restaurantes Oteque e Lasai.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Restaurante carioca fica em 2º lugar entre os melhores do mundo

Advertisement

Leia também

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. Amigos,se levarem o Rio dê janeiro a sério, esse estado fica imbatível, o quê era muito comum em tempos passados, e quê perdemos pôr maus administradores, e interesses externos,ou seja outros estados dá federação, mais como quem foi rei nunca perde a majestade, continuamos sagazes, e viva o tambor cultural do Brasil, nosso Rio dê janeiro,

    • O que precisa no Rio é um plano para desfavelizar os morros, como que foi feito em Madrid, durante décadas de muito trabalho, mas tem que começar um dia, com o poder público financiando casas e apartamentos no asfalto para os moradores, reflorestamento completo dos morros e adição de muros e cercas para evitar novas ocupações, enquanto o Rio for uma cidade cercada de favelas não tem jeito, jamais vai sair dessa desgraça.

      • Temos de alguma forma, ecoar estes pensamentos. Fico deprimido assistindo estás ocupação nos morros no município do Rio. Irei pesquisar mais sobre o projeto Madri. Sou especialista em eficiência energetica. Criei um sistema para geração de energia para ambulante não precisar furtar energia e colocar a vida dos transeuntes em perigo, tudo por amar está cidade. Veja no canal Prof. Almir Manoel.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui