Rio começa a aplicar quinta dose da vacina contra a Covid-19

Por enquanto, podem se vacinar pessoas com imunossupressão ou que participaram de pesquisas que tomaram a última dose de reforço há 10 meses

Imagem meramente ilustrativa - Foto: Myke Sena/MS

Nesta segunda-feira (07/11), o secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou que as pessoas que tomaram a última dose de reforço da vacina contra a Covid-19 há 10 meses já podem procurar um posto para tomar a quinta dose do imunizante.  Ele explicou que, por enquanto, se encaixam nesse perfil apenas pessoas com imunossupressão e as que participaram de pesquisas.

Segundo as informações da secretaria de Saúde, divulgadas pela rádio BandNews, ainda não há uma orientação do Ministério da Saúde ou da Anvisa quanto a quinta dose. No entanto, Soranz afirmou que a cidade tem autonomia para tomar essa decisão.

Mais de um milhão e 600 mil cariocas ainda não retornaram aos postos para garantir a quarta dose do imunizante. O número representa cerca de 25% da população do município.

Rio confirma transmissão local de subvariante da ômicron da Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS) confirmou a transmissão local da BQ.1, uma subvariante da ômicron. De acordo com a SMS, é esta variante que está causando o aumento do número de casos de Covid-19 na cidade. No último sábado (05/11), foi confirmado o primeiro caso na cidade, em uma moradora da Zona Norte do Rio de 35 anos, que tomou as vacinas e passa bem.

A paciente não tinha histórico de viagem, o que comprovou a transmissão local. Nas últimas três semanas, a positividade dos exames de Covid passou de 6% para 21%. O número de pessoas internadas aumentou de 14 para 44 em 15 dias. Atualmente, 98% dos pacientes não tomaram a vacina de reforço.

Advertisement

3 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui