Rio é a capital do Sudeste que melhor aumentou a classificação no ranking de competitividade do CLP

Rio foi a capital do Sul, Sudeste e Centro-Oeste que mais aumentou a classificação no ranking de competitividade, melhorando 21 posições.

Vista aérea do Porto Maravilha • Foto: Rafa Pereira, Diário do Rio

Segundo dados do Ranking de Competitividade dos Municípios, elaborado pelo Centro de Liderança Pública – CLP, e compilados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação (SMDEIS) do Rio, em 2022, o Rio foi a capital do Sul, Sudeste e Centro-Oeste que mais aumentou a classificação no ranking de competitividade, melhorando 21 posições. A cidade passou a figurar também pela primeira vez entre os 50 primeiros municípios brasileiros, liderando a classificação no Estado do Rio de Janeiro.

O Rio tem como meta se tornar a capital da inovação e tecnologia do Brasil. Várias iniciativas da Prefeitura, de quando liderei a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação, vão nesse sentido, como o Porto Maravalley, Web Summit Rio, Programadores Cariocas, Sandbox.Rio, incentivo ao mercado cripto, ISS Tech, entre outras. E um dos principais destaques positivos do Rio no ranking foi justamente na categoria de inovação e dinamismo econômico.”, afirma o ex-secretário e candidato a Deputado Federal, Chicão Bulhões.

No Brasil, o Rio foi a terceira capital que mais aumentou as posições, ficando atrás de Aracaju-SE e Belém-PA.

Quando se analisa a evolução no acumulado de dois anos (2021 e 2022), na comparação com 2020, o Rio também foi a capital do Sul, Sudeste e Centro-Oeste que melhor aumentou a classificação no ranking, melhorando 25 posições. Na comparação com todas as capitais brasileiras, também foi a terceira capital que mais aumentou as posições, ficando atrás de Rio Branco-AC e Fortaleza-CE, e empatado com Maceió-AL.

O Ranking de Competitividade do CLP é mais um indicador que demonstra a melhora do Rio, em diversos setores. Isso se soma à recuperação da economia nos últimos meses. A taxa de desemprego voltou para um dígito, algo que não acontecia desde 2016, e já foram gerados quase 150 mil novos empregos formais desde janeiro de 2021. Diversas ações da Prefeitura nos mostram que o Rio está voltando a dar certo. E os dados do CLP são mais um indicativo dessa recuperação.”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação, Thiago Dias.

O ranking é baseado em 65 indicadores de diversos temas, como saúde, educação, meio ambiente, inovação, sustentabilidade fiscal, segurança, inserção econômica, entre outros.

Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. O RJ perde em não ter eleito o Chicão… Aliás vamos ter uma das piores bancadas da história, uma pena que a pauta do desenvolvimento econômico não ressoa entre a maioria dos fluminsense. A sorte é que na capital ele tem passe livre.

  2. Mais uma vez fica evidente que o melhor candidato a deputado federal é de longe o Chicão Bulhões…
    Esse cara é muito competente e o Rio ganhou muito com as ações criadas e propostas por ele…
    Bolsa de valores verde e o Hub porto maravalley irão trazer a médio longo prazo muitos recursos e novas empresas para a antiga capital…

  3. Parece aqueles rankings da Fifa em que o México fica na frente da Alemanha, sem o menor sentido. Ou alguém em sã consciência pode crer que é melhor fazer negócios em Caraguatatuba-SP do que na capital do Rio de Janeiro?

    Outra – o Rio de Janeiro tem uma das melhores estruturas de telecomunicações do Brasil, mas aparece no final do ranking nesse quesito. Qual sentido isso faz?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui