#RioDoente: Mortalidade materna é quase 6 vezes maior em Campo Grande em comparação com a Zona Sul

Na cidade do Rio de Janeiro, a mortalidade materna é de 88.3 para cada 100.000 habitantes. Segundo os especialistas, os números são graves e pioram dependendo da região onde se está

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Na segunda matéria da série #RioDoente, que mostra a desigualdade social da cidade do Rio Janeiro refletida na saúde, falaremos sobre a mortalidade materna, que é quase 6 vezes maior nas áreas mais pobres do Munícipio.

Na cidade do Rio de Janeiro, a mortalidade materna é de 88.3 para cada 100.000 habitantes. Segundo os especialistas, os números são graves e pioram dependendo da região onde se está.

De acordo com dados do gabinete do vereador Paulo Pinheiro, na Área de Planejamento (AP) número 5.2, correspondente ao bairro de Campo Grande e adjacências, a mortalidade materna é de 153 mulheres para cada 100.000 habitantes. Na Zona Sul, AP 2.2, é de 30.6.

Em Bangu, Área de Planejamento 5.1, é mais baixo que Campo Grande, mas o dobro da Zona Sul. São 65.3 mortes de mães para cada 100.000 habitantes.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Segundo dados da Coordenação Geral de Atenção Primária do município, a OS Iabas era a responsável pelo atendimento das clínicas da família da AP 5.2, região de Campo Grande, que registrou de 2018 para 2019 um aumento de 291% da taxa de mortalidade materna.  

“São números inaceitáveis para uma cidade com a capacidade, importância e tamanho como é o Rio de Janeiro. É preciso retomar o investimento em massa na saúde básica, que salva vidas todos os dias, em ações, aparentemente pequenas, mas que acabam evitando que problemas maiores aconteçam posteriormente”, opina o médico André Correa.

A primeira matéria da série #RioDoente foi sobre a mortalidade de recém-nascidos. A última falará sobre a tuberculose na cidade do Rio de Janeiro.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp #RioDoente: Mortalidade materna é quase 6 vezes maior em Campo Grande em comparação com a Zona Sul

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Que absurdo! É claro que a Zona Oeste da Cidade vai apresentar um índice estatístico maior do que a Zona Sul da Cidade. Aqui está a maioria da população da Cidade. Campo Grande é o Macro Bairro que mais cresce em população, graças aos vultosos investimentos do setor imobiliário. O que o Vereador não informa é montante dos recursos destinados à Saúde que são aplicados na Zona Oeste.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui