Foto: Reprodução

O secretariado do prefeito Eduardo Paes (DEM) tem sua primeira baixa, e por questões éticas, o secretário de Habitação, Fábio Dalmasso. Logo depois da indicação de seu nome para a secretaria, o DIÁRIO DO RIO já alertava que ele poderia ter problemas com a secretaria de Governo e Integridade Pública de Marcelo Calero. Dalmasso tinha sido sentenciado a dois anos de prisão por falsificar à assinatura da mãe em um cheque de um trâmite para encerrar uma sociedade que envolvia a gestão de um empreendimento em Niterói.

Na noite de terça-feira (12/01), o RJTV, da Rede Globo,fez uma matéria trazendo o tema à tona, o que levou a Dalmasso a enviar seu pedido de exoneração nesta quarta-feira (13/1).

Ciente das regras e determinações de integridade estabelecidas pela Prefeitura do Rio entendo que a minha nomeação poderá enfrentar restrições. Sendo assim, e para evitar o uso político do episódio, apresento o meu pedido de exoneração do cargo de Secretário Municipal de Habitação. Desejo ao prefeito Eduardo Paes sucesso na nova gestão.

Fabio Dalmasso era da cota do PL, partido de vice de Paes, Nilton Caldeira. Fabio é primo do deputado federal Altineu Cortes (PL), ex-secretário do Ambiente de Wilson Witzel.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui