Eduardo Paes com moradores de Guaratiba - Foto: Divulgação

No último domingo, 13/12, o prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) indicou 3 de seus novos secretários. Um deles, da conta do PL, partido de seu vice Nilton Caldeira, é Fábio Dalmasso Coutinho, primo do deputado federal Altineu Cortes (PL), ex-secretário do Ambiente de Wilson Witzel.

O nome promete problemas com a secretaria de Integridade Pública, comandada Marcelo Calero, é que Coutinho, de acordo com o Jornal Extra, que ocupava o cargo de diretor de licenciamento do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) desde novembro de 2019, foi sentenciado a dois anos de prisão por falsificar a assinatura da mãe em um cheque, em um trâmite para encerrar uma sociedade que envolvia a gestão de um empreendimento em Niterói.

A pena, foi convertida em prestação de serviços comunitários e pagamento de cestas básicas. O futuro secretário cumpriu 1 ano de serviço comunitário.

Fábio Coutinho também foi presidente da Imprensa Oficial na gestão Anthony Garotinho em 2006 e chefe de posto de atendimento do Detran em 2004. Foi chefe de gabinete do vereador Andrigo (SD), em Niterói. Na cidade concorreu ao posto de vereador em 2006 e 2010, mas não conseguiu se eleger.

Será que ele passa pelo um questionário de 12 páginas, com perguntas detalhas sobre renda e patrimônio, além de um termo de compromisso. O nomeado terá de declarar que o seu “patrimônio, seja na forma de bens móveis ou imóveis, eventualmente não refletidos na declaração do imposto de renda, inclusive aqueles usufruídos“. E não para por aí, a declaração é maior que a feita ao imposto de renda e inclui: “informar a quantidade de empregados que contrata para atividades domésticas ou de assessoramento direto” e “se possui obras de arte ou antiguidades e informar respectivos valores”, “embarcações ou aeronaves” (com os valores).



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Quintino Gomes Freire

Diretor-Executivo do Diário do RIo e defensor do Carioca Way of Life

4 COMENTÁRIOS

  1. […] O prefeito eleito Eduardo Paes (DEM) fez no domingo, 13/12, mais uma nomeação política para seu secretariado. Desta vez o nome é do vereador Júnior da Lucinha (PL), filho da deputada estadual Lucinha, com forte atuação na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Com Júnior, serão dois nomes do PL no 1º escalão de Paes, o outro é Fábio Coutinho, futuro secretário de Habitação. […]

  2. […] O prefeito eleito Eduardo Paes (DEM) fez no domingo, 13/12, mais uma nomeação política para seu secretariado. Desta vez o nome é do vereador Júnior da Lucinha (PL), filho da deputada estadual Lucinha, com forte atuação na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Com Júnior, serão dois nomes do PL no 1º escalão de Paes, o outro é Fábio Coutinho, futuro secretário de Habitação. […]

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui