Papo de Talarico: Tudo em todo lugar ao mesmo tempo

Para seguir em frente, tem que olhar para trás? Suas escolhas lhe trouxeram até aqui

Tudo em todo lugar ao mesmo tempo inspira crônica de Alvaro Tallarico
Cada gota tem seu lugar (foto: Alvaro Tallarico)

E se você pudesse acessar outras versões suas em universos paralelos? Nossa, só essa frase já dá aquele nó na cabeça. Mas esse é o mote do filme Tudo Em O Todo Lugar Ao Mesmo Tempo, uma surpresa de 2022. O filme traz umas cenas bem bizarras, muito doidas mesmo, mas que acabem por fazer rir, ao menos, a maioria das pessoas.

A graça mesmo, além dessa de fazer rir, é pensar em como cada escolha muda todo um caminho. Por exemplo, no filme, um namorado leva a protagonista Evelyn Wang (Michelle Yeoh) a sair da casa dos pais e juntos eles vão para outro país, abrem uma lavanderia e tem uma filha.

Porém, Evelyn não está muito feliz. Papo vai, papo vem, descobre que em outros universos, onde fez outras escolhas, seguiu outros rumos. Em um é atriz famosa e fera nas artes marciais; em outro, uma chef de cozinha, e por aí vai. Logicamente, o espectador de Tudo Em O Todo Lugar Ao Mesmo Tempo acaba pensando também em momentos da própria vida. E se você tivesse namorado o fulano ao invés do ciclano? E se tivesse ido ao encontro que não foi? E se tivesse dito sim, quando disse não?

E se

Ah, pessoalmente acho bem perigoso esse “e se”, pois pode levar a arrependimentos, remorsos. Mas o filme ensina que não, cada caminho é um caminho e devemos honrar nossas escolhas. Suas escolhas lhe trouxeram até esse instante. Cada vitória, cada derrota, cada rejeição, cada decepção. Está com vida e lendo esse texto. Você venceu. E vai perder de novo, e vencerá novamente.

Há uns meses conheci uma pessoa que queria porque queria minha constante companhia. Escolhi que não. Ainda sinto que está ofendida. Será que fiquei com ela em outra vida? Afinal, o que importa?

A arte tem dessas coisas, nos possibilita viajar pelo tempo e o espaço sem deixarmos de seguir em frente. Está aí o que importa: seguir em frente.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Obrigado pela dica. Vou procurar e assistir. Gosto do tema e, como você mesmo escreveu: a arte nos permite viajar… sem deixar de seguir em frente.

    Gostei.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui