Barra da Tijuca e Jacarepaguá tiveram quase 5 mil imóveis vendidos de janeiro a dezembro deste ano

Resultado mostra que Barra e Jacarepaguá seguem sendo a escolha de muitos que desejam um novo lar

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Barra da Tijuca e Jacarepaguá foram um destaque na venda de imóveis na cidade este ano. Para se ter ideia, os dois bairros somaram 4.879 unidades comercializadas de janeiro até o dia 15 de dezembro, segundo dados do Secovi Rio (Sindicato da Habitação).

O resultado mostra que, apesar do surpreendente crescimento de 32% nas vendas de imóveis no Centro, impulsionado pelos grandes projetos e obras de revitalização da parte mais histórica da cidade, a região da Barra e Jacarepaguá ainda figura com relevância na cabeça de quem deseja um novo lar. Prova de que a procura está alta nestas regiões é o sucesso do Grand Quartier, localizado no Rio2, empreendimento da Patrimar – construtora e incorporadora que atua na classe alta no Rio de Janeiro, interior de São Paulo e em Belo Horizonte – em parceria com a Carvalho Hosken que, em dois meses, ultrapassou a marca de R$ 252 milhões em vendas. Por causa da grande demanda, as empresas anteciparam a venda de mais uma nova torre com 135 unidades com apartamentos de 2 quartos, 3 suítes e também espaçosas coberturas de ate 249 m².

53 FACHADA DO GRAND QUARTIER RIO2 2 Barra da Tijuca e Jacarepaguá tiveram quase 5 mil imóveis vendidos de janeiro a dezembro deste ano

O projeto, inclusive, foi contemplado com o Prêmio Destaque Ademi 2023 na categoria Projeto Residencial de Grande Porte. “Esta importante conquista reforça o nosso compromisso com a Barra e com a cidade, desenvolvendo empreendimentos de alto padrão em um bairro planejado consolidado como o Rio2. Tudo isso com qualidade de vida, sustentabilidade, lazer, segurança, mobilidade e conveniências para os moradores”, afirma Carlos Felipe de Carvalho, CEO da Carvalho Hosken.

Alex Veiga, CEO do Grupo Patrimar, também comemora o sucesso do produto. “Um projeto desse porte merece esse reconhecimento! O Grand Quartier vem sendo um sucesso desde as três torres lançadas há dois meses, que já estão quase todas vendidas. Não é à toa que fomos premiados com o Destaque Ademi RJ 2023, um dos prêmios mais importantes no cenário carioca. Sem dúvidas, essa nova torre será outro marco no mercado imobiliário do Rio”, ressalta Veiga.

Advertisement

Leia também

Políticos têm dificuldades para confiar em Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Rio terá megaferiado em novembro devido à reunião do G20; confira datas

O Grand Quartier será construído no último terreno disponível do bairro planejado Rio2 e terá mais de 3 mil m² de lazer e facilidades. São mais de 40 itens de lazer entre piscinas adulto e infantil, spa com banheira de hidromassagem, crossfit zone, churrasqueira, salão de festas adulto e infantil, espaços gourmet, kids e de jogos, academia, quadra recreativa e muito mais. Vale lembrar que o Rio2 é o primeiro bairro planejado da Carvalho Hosken na Barra da Tijuca. O empreendimento tem 600 mil m² de ocupação do espaço urbano, segurança, lazer, conveniência e o conforto de uma frota de ônibus exclusiva para os principais pontos do Rio de Janeiro. Em julho de 2022, o DIÁRIO DO RIO pegou todo o mercado imobiliário de surpresa quando divulgou que as duas empresas construíriam no último terreno do Rio 2.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Barra da Tijuca e Jacarepaguá tiveram quase 5 mil imóveis vendidos de janeiro a dezembro deste ano

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui