Candidatos a Deputado que defendem os animais no Rio de Janeiro

O eleitor do Rio de Janeiro que procura deputado federal e estadual que defenda a causa e proteção dos animais, Marcelo Queiroz e Dr. Marcos Paulo

Nesse domingo você vai exercer seu direito à democracia, 03 de outubro, dia das eleições em todo o Brasil. Como todos sabem, sempre expresso aqui minhas opiniões sobre política. E hoje quero deixar aqui algo muito importante, uma bandeira que me representa e que com certeza, se você é leitor do DIÁRIO DO RIO, te representa também, que é a causa animal.

Talvez amanhã você vá para as urnas votar e ainda esteja em dúvida dos seus deputados, ou deixará em branco por falta de um candidato que possa falar por você. Por isso quero expor mais uma vez o meu voto para candidato a deputado federal. Nosso Conselho Editorial fez duas listas: Em quem votar para deputado federal no Rio de Janeiro em 2022 e em quem votar para deputado estadual no Rio de Janeiro em 2022.

Primeiro, o que faz um deputado federal? O papel dos deputados federais é muito importante para a política brasileira, são eles quem criam, aprovam ou barram leis que impactam diretamente na sua vida. Mas pesquisa recente da Quaest relevou que cerca de 55% dos eleitores não sabem de fato o que um deputado federal faz, e outros 34% afirmaram que não se lembram do nome do deputado que votaram na última eleição.

Marcelo Queiroz – 1100 – Deputado Federal

E para que você não faça parte dessa estatística e vote em alguém que te não te represente, conheça um pouco sobre o candidato Marcelo Queiroz, 1100, defensor ferrenho da causa animal.

Candidato a Deputado Federal pelo PP, é responsável pelo projeto que castrou mais de 135 mil cães e gatos em todo Estado do Rio de Janeiro em apenas 9 meses. Criou a primeira política pública do Estado neste setor. E não para por aí. Nos dois últimos anos, ele esteve à frente da Secretaria Estadual de Agricultura, e Proteção e bem-estar animal.

Com isso, lanço no Estado o selo Amigo Pet, a Lei do Cão de Suporte Emocional, Campanha de arrecadação de tampinhas plásticas, em parceria com o RioSolidário e o Rio Eco Pets, campanhas de adoção e conscientização que deram novos lares a mais de mil animais, Implantação de placas de cunho educativo nas margens da RJ-124 e RJ-125, em parceria com o DER-RJ, para coibir a prática de abandono de animais na estrada, entre outros. Ou seja, um novo momento para os animais.

Além disso, eu acompanhei a luta incessante, do candidato Marcelo Queiroz, contra os maus tratos a animais. Por isso hoje ele é um dos mais cotados nas pesquisas da internet para chegar em Brasília e continuar defendendo nossos animais, que tem boca, mas não fala. Ele será essa voz em nome de milhares de bichos que precisam de atenção, leis mais severas, e por isso, por acreditar nisso que ele tem o apoio do nosso Jornal e o meu.

Dr. Marcos Paulo – 50.000 – PSol

E na esfera estadual, você sabe o papel de um deputado? Eleito por voto popular para mandato de quatro anos, o deputado estadual representa os interesses da sociedade. O parlamentar discute e produz leis de autoria do Legislativo e analisa e aperfeiçoa mensagens enviadas pelo Executivo e pelo Judiciário, com impacto direto na vida das pessoas.

Para escolher um deputado estadual, sigo a mesma linha de raciocínio, a luta pelos direitos dos animais. E, se você ainda não escolheu o seu deputado estadual, pode conferir o trabalho do vereador Dr. Marcos Paulo, 50.000, do Psol, que também carrega na bagagem essa luta.

Em 2019, como vereador ele apresentou para a cidade do Rio de Janeiro, o projeto de lei “Diga não a venda de animais”, com objetivo de coibir a exploração comercial de animais e o consequente comércio indiscriminado de filhotes.

Como deputado estadual, ele pretende apresentar esse projeto, para valer em todo estão. Pois animal não pode e não deve ser tratado como mercadoria.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui