Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

O Centro da Cidade do Rio de Janeiro vive uma das suas piores fases. Depois de um boom de crescimento com o advento do Porto Maravilha, a região passou por maus bocados nos últimos anos e as consequências ruins estão pelas ruas. É nítido.

Muitos imóveis vazios, moradores de rua, insegurança, patrimônio histórico sendo destruído, insegurança para novos investimentos por conta da grave crise econômica são alguns dos problemas mais evidentes.

“O Centro do Rio passa por crise sem precedentes”, afirma Claudio Castro – diretor da Sergio Castro Imóveis, que tem forte atuação na região central da cidade.

Segundo a Associação Brasileira de Administradores de Imóveis (ABADI), desde março de 2020, no início da pandemia, até o final do ano passado, 45% das lojas, escritórios e salas comerciais estão vazios. O nível de vacância é tão grande que quase supera o desastre do mercado de escritórios da Barra da Tijuca, onde proprietários chegam a oferecer 4 anos de carência para alugar suas salas.

Há poucos dias, o DIÁRIO DO RIO publicou uma matéria sobre os imóveis vazios do Centro da Cidade. “O Centro do Rio tem um enorme número de funcionários públicos, municipais, estaduais e federais. A maioria deles está ainda em home-office, e isto diminui drasticamente o tráfego e o número de consumidores, sem contar a ausência de grande parte dos trabalhadores de empresas privadas”, disse Lucio Pinheiro, Diretor de Locações da Sergio Castro Imóveis.

Embora estejam acontecendo ações para solucionar o problema, o número de pessoas morando nas ruas é muito grande. Esse é outro ponto que vai precisar de ações mais eficazes do Poder Público. Bem como a questão da segurança. Os furtos e outros crimes ainda preocupam na região, como mostramos nessa matéria do final de janeiro.

Os danos ao patrimônio histórico também são uma infeliz e constante realidade. O DIÁRIO DO RIO relata constantemente roubos de estátuas, por exemplo. Algumas até bem grandes.

“A causa principal da crise do Centro do Rio não é a pandemia e sim a desordem pública, na falta de conservação, na crise econômica aguda, enfrentada pela cidade há mais de cinco anos. Só com a presença do Estado, segurança e ordem pública é que as pessoas vão querer vir morar e trabalhar nessa região, que é o coração cultural do país”, afirma o empresário do ramo imobiliário Claudio Castro, que sugeriu que a Prefeitura carioca crie um gabinete de crise e promova a interação com os agentes econômicos que acreditam no desenvolvimento da região.

No último dia 26 de janeiro, o prefeito Eduardo Paes lançou o plano Reviver Centro, que visa estimular a recuperação social, econômica e urbanística do Centro do Rio através da permissão de novos usos para fomentar a construção de novas moradias e, também, o retrofit de prédios comerciais, transformando-os em edifícios residenciais ou mistos.

Um dado importante e desconhecido de muitos é que os prédios comerciais moderníssimos que foram erguidos na região do Porto Maravilha, principalmente entre a Cidade do Samba e a Avenida Rio Branco, já estão praticamente todos alugados. A ocupação de prédios como o Aqwa e o Vista Guanabara chega aos 90%, o que mostra a preferência das empresas que buscam maiores espaços pela região do Porto e pelos prédios mais novos.

Ainda em clima de Carnaval, a luta inicial é para que o Centro agonize, mas não morra, assim como o samba.

93 COMENTÁRIOS

  1. Haverá demanda após a pandemia para aquelas empresas que nunca puderam estabelecer um escritório pequeno naqueles prédios chiques da Almirante Barroso, por exemplo. Onde havia empresas tomando um andar inteiro, haverá mais empresas tomando salas menores. Enfim, haverá sim como preencher esses prédios seja comercialmente seja residencialmente – claro, que com ajuste dos aluguéis.

  2. É preciso entender a deterioração do centro na visão de quem viveu e vive o dia a dia daquela região. O centro do Rio começou a desmoronar a partir da contrução da rede de chamada VLT. Devido as obras de longa duração em frente ao comércio, prejudicando a mobilidade do pedreste e acesso destes às lojas, mudança de direção mas vias para automóveis, retirando a passagem de automóveis em várias ruas, assim como proibindo o estacionamento destes também em várias ruas. Esses foram os principais motivos que levaram aí fechamento de várias empresas , inclusive comércios tradicionais do centro. Como pode o comerciante viver sem a presença do consumidor ? Quanto mais pessoas passando na porta de um comércio melhor, pois melhora sua visibilidade e faz jus a sua localização, pois os preços dos aluguéis no centro sempre foram bastante elevados justamente pela localização ! O que a prefeitura fez foi retirar esse consumidor da porta desse comércio ! Basta um simples observador fazer o trajeto do VLT pra saber o resultado dessa contrução. Passem por essas ruas e lembrem das empresas que fecharam as portas nesse trajeto e suas adjacências ! E quantas outras que vieram depois e tentaram e não conseguiram alavancar seus negócios e fecharam as portas. A pandemia veio para colocar um carimbo final na crise que se estabelecia no nosso belo centro da cidade do Rio. Hoje o que se vê de forma crescente são moradores de rua e invasões a prédios inteiros que estavam fechados. É triste andar pelo centro, passa pela Marechal Floriano, Largo de São Francisco, Largo da Carioca, praça Tiradentes, Cinelândia, Castelo. Quanta história, quanta beleza, quanta tristeza. Torço por dias melhores.

      • Pronto, agora a culpa da crise no Rio de Janeiro toda é do VLT! E o que explica a zona norte ser um favelão, a zona oeste ser abandonada, a zona sul ser um baita cortiço de luxo e por aí vai, o VLT também?

        • exatamente, o amigo simplificou ao extremo hehe….deixem o VLT em paz…daqui a pouco ele vai querer fechar o metro tb rs..
          o comercio deve se reinventar- a economia deve andar junto com a evolucao…

      • Não não acabou,no ma´ximo não melhorou,na europa quase todas as capitais tem vlt no centro e o comércio só flui melhor com isso.O centro do Rio começou a piorar quando esvaziaram a região de residência,e com as obras do porto isso piorou por conta da hipervalorização dos imóveis.Tem mais é que ter VLT sim,quanto mais infraestrutura a cidade tiver melhor,não adianta querer melhorar o Rio tirando a infraestrutura da cidade

  3. O triste é perceber que o Rio começou a falri a partir da associacao espuria feita entre o Sergio Cabral e a horda petista. As olimpiadas foram o cheque em branco dado para esses vermes. Outros vermes ainda têm a caganeira cerebral de acusar o atual governo.

  4. Claudio do Nascimento Araújo, essa seria a única salvação para este país, mas esqueça, nunca será adotada, e ainda te olharão mal. Meu pai falava isso na década de 70, com 100 milhões de habitantes… E o pior é que os que mais se multiplicam são justamente os que não pode dar educação aos filhos. Sem falar na redução estrutural dos empregos, como vc falou. E essa renda auxiliaria a demanda. Parabéns pela visão.

  5. Tudo começou quando tiraram uma Presidente por nada e votaram num bandido incompetente para governar o pais. A Barra então, cheia de bolsonaristas, merece tudo o que esta passando

  6. O movimento do centro comercial do Rio vai mudar de local mais uma vez. Até 1960 era no Porto e Praça Onze, depois passou pra Cinelândia, Oraça Onze, Praça Tiradentes e Largo da Carioca, agora está de volta para o Porto e Praça Onze. Vai melhorar!

  7. Até 2016 o centro do Rio tinha muito movimento, lembro que nas décadas de 80 e 90 a praça Tiradentes, a Lapa e a Cinelândia era o centro de artistas, turistas e trabalhadores de todos tipos. Agora, depois de 2016, veio um vazio total, maior solidão, tristeza pura.

  8. Pior crise é o desemprego, a nossa industria do petróleo está às moscas.
    É inevitável o fomento estatal para o desenvolvimento da nossa industria estratégica, o nosso país não tem condições de competir no livre mercado, principalmente com os asiáticos. Desde 2016 já foram mais de quinze plataformas para serem construídas no exterior.
    São empregos que está fazendo muita falta na economia do Estado.
    É inevitável… Sem investimento estatal nem a Petrobrás e nenhuma outra empresa irá construir plataformas aqui.
    Não estamos nos EUA, e nem temos as condições para competir no livre mercado.
    O contrário disso é fantasia.

  9. O que é preciso ser feito na cidade, estado, país e no mundo inteiro é só uma coisa, mais nada. Uma política séria de controle da natalidade. Por exemplo, dar 1.000,00 para o homem que quiser fazer vasectomia e 1.000,00 para a mulher que quiser fazer laqueadura. E 300,00 mensais vitalícios. Em 20 anos teremos muito menos desemprego, pobreza, analfabetismo, violência (furtos, roubos, estelionato e corrupção). Os recursos públicos serão destinados a menos coisas o que vai aumentar a qualidade dos serviços públicos de saúde, educação e segurança, pois terão menos pessoas para usá-los. O que será mais fácil controlar o seu funcionamento, a eficácia e o controle dos desvios. O Brasil não cria praticamente nada, não investe quase nada em pesquisa. Vive praticamente de commodies para exportação e consumo interno. Como desenvolvedor de softwares há 41 anos, SEI que a Internet, robótica, cibernética e inteligência artficial acabaram com TODOS os trabalhos repetitivos e que não dependam de pensamento subjetivo ou criativo. Toda cadeia de transporte sofrerá um primeiro baque com os carros elétricos que diminuirão muito a cadeia dependente dos derivados do petróleo, depois os motoristas em geral serão substituídos por robôs e quando viver o teletransporte (já conseguiram teletransporte um prato), vai ser entre 20 e 30 anos. Vão DESAPARECER mais de 75% dos postos de trabalho. Como estas pessoas vão viver sem dinheiro? Pois nenhum governo de direita, centro ou esquerda vai ter solução para isso, pois não existe. Todos os governos sabem que isso vai acontecer, mas não fazem nada porque os poderosos empresários precisam de mercado consumidor. Por favor, leiam mais e expliquem aos seus próximos. É tudo verdade e está bem próximo

  10. Esse rapaz gabriel , deve estar pronto pra invadir algum imóvel no centro , só fala besteiras , o Rio que vc diz ser esse grande favelao , o é por pessoas que pensam como vc : pequeno

  11. Desde o dia que se ganhou o direito de sediar a copa e as olimpíadas estava previsto a grande corrupção que iria se instalar no estado do Rio de janeiro. Com isso vieram as obras de fachada como VLT que ao meu ver só serviu para atrapalhar o trânsito e destruir o comércio da região e ter uma grande evasão das empresas, escritórios e consultórios do centro da cidade.

  12. Parte dessa crise devemos agradecer ao Sr. Eduardo pães e Sérgio Cabral. Com estas obras de fachada pra roubar o Rio. Esse VLT.. que o Eduardo trouxe só pra ferrar com o comércio do rio e sugar nossos impostos. Ainda cotaram nessa praga.

  13. A pandemiia causou o enfraqueciemiento de vários seguimentos da sociedade, principalmente o comércio, pois uma nação, um estado (província/município ou cidade) não vibe sem o comercio e os meios de produção. Ocorre, que muitos começaram a disseminar i fique em casa, ótima ideia para quem não precisa trabalhar e tem em seu trabalho i seu sustento e de sua família. Esses que propagaram o fique em casa em sua maioria tendenciosa mente de esquerda vem tentando dificultar o que o governo quer fazer para que a nação alavanque novamente, é claro que devemos ter todos os cuidados para não disseminar o vírus dessa pandemia qu veio de Wunran, eu não acredito como pessoas dizem fiquem em casa se ao acordar ele precisa de comer pão, (c.ompadeiro em casa não há pão) esse exemplo serve para as demais profissões… O centro do Rio de janeiro está assim devido não..somente a pandemiia , mas como também com o advento do home office, cá entre nós foi uma ótima tapa na cara dos locadores/corretores imobiliários qu tanto exploraram aqueles que sonhavam um dia ter um escritório ou sala comercial que tinha que dividir com 5/10 pessoas um.oequeno espaço, hoje em dia com o homem office trabalhando com um computador e falando no Skype ou até mesmo no what s up você faz uma audiência ou entrevista ou reunião de negócios de curta, media ou longa distância (bem feito para os proprietarios exploradores de aluguel do pobre trabalhador que além do.maia enfrentava um transporte caótico do RJ).

  14. Trabalhei no centro da cidade,nos anos 80/90 e 2000. Época de ouro! Saía da baixada em ônibus apertado, excesso de carros nas ruas, engarrafamentos,…a cidade em si era um caos mais era tão gostoso, aquele monte de gente pra lá e pra cá,os bares,no final do expediente, cheios de pessoas contando como foi o seu dia,era ruim mais era bom! ?? Agora, só nostalgia! Lamentável!

  15. Se transformarem predios comerciais do centro do Rio em moradias populares, como muitos sugerem, em pouco tempo aquela região irá virar um grande FAVELAO.

  16. A pandemia veio pra que todos pensem uns nos outros. Ninguém quer saber de ninguém. Os princípios morais e éticos acabaram, com isso cada um faz o que quer, é fato que a desordem se instale, confirmando-se com um poder público menos interessado onde se afirma a corrupção em todas as esferas, com cada um levando vantagem sobre o outro.
    A única solução é, e que nunca farão, mudar o código penal com leis mais severas que possam punir qualquer cidadão, do servente ao presidente, restabelecendo assim a ordem.

  17. Home office reduziu a circulação de pessoas pelo centro do Rio, mas está longe de ser a real causa do problema. Desde 2016 o centro do Rio vem numa decadência vertiginosa na quantidade de estabelecimentos fechados.
    Muitos dos proprietários de imóveis preferem seus estabelecimentos vazios do que cobrar aluguéis mais justos, tudo por conta de um passado longínquo e vindouro onde o mundo frequentava o comércio do centro.
    Essa realidade já não cabe, e cabe às pessoas se ajustarem a mesma.
    Não adianta querer cobrar aluguéis caríssimos em locais que não dão retorno, com a pamdemia o empreendedorismo brasileiro finalmente cedeu ao home office mas nem todo negócio funciona em home office, ainda há muita demanda para negócios com estabelecimentos que focam no presencial.
    O Rio de Janeiro precisa melhorar seu custo de vida e principalmente o custo de moradia e locação, bem como melhorar muito na segurança pública pra que volte a ser um ponto de interesse.

  18. Se os problemas são imóveis vazios e muitos moradores de rua, não é extremamente óbvio que um problema é a solução do outro e vice-versa?? Que tal a prefeitura comprar/alugar estes espaços e transformá-los em moradias populares? Pra que pagamos impostos como IPTU senão para que o poder público possa amparar as pessoas em situação mais vulnerável???

    • Exatamente, acho que esse é o futuro do centro do Rio, ser residencial. Não vejo mais sentido em entupir o centro com trabalhadores de todos os locais da região metropolitana, sendo que todos podem exercer suas tarefas de casa.

  19. Sou comerciante da rua larga a mais de 35 anos e eu nunca vi uma crise tao braba como essa. Como já disseram anteriormente aluguéis altíssimo vlt que veio pra acabar de afundar-vos-eis a gente,por isso já estou passando meu ponto infelizmente não dá pra continuar nesse lugar . Com muita tristesa

    • Nada a ver com o VLT. A crise veio com a pandemia, que fez o pessoal trabalhar de home office, modalidade esa que veio pra ficar! Chega de trânsito, chega de transporte entupido! Passe o ponto, desapegue do centro e vá pro subúrbio, onde o povo que trabalhava no centro trabalha agora de home office.

  20. Conheci o centro-RJ em julho de 1968, época em que os estudantes se reuniam naquele bairro. Foram anos vendo a Av. Rio Branco desenvolver novos prédios comerciais. Com o fim da oferta na principal avenida do centro do RJ, os prédios foram surgindo nas ruas transversais e adjacentes, estendendo-se pela Av. Presidente Vargas, onde se propunha um novo centro financeiro. Passados alguns. Anos voltei ao centro e me deparei com um movimento como os de sábados da época áurea. Agora isso tudo tem a ver com o descaso de nossos governantes que nada faziam para dar segurança ao centro do Rio, assaltos a idosos eram vistos perto das agências bancárias, a vista de policiais que nada faziam, principalmente no entorno do castelo até a senador Dantas. Triste fim de uma beleza que era o centro do Rio.

  21. Rio de Janeiro só é bom para quem tem dinheiro, sempre foi assim, a vida aqui é uma luta tremenda, custo de vida caríssimo, transporte horrível, uma zona danada nas obras… Aqui é salvasse quem puder, a realidade da cidade maravilhosa é só para as famílias da zona sul…. Não adianta…. Essa é a realidade.

    • Exatamente. Falam como se fosse só o centro que estivesse decadente, a cidade toda, especialmente os subúrbios, são decadentes. Querem que os trabalhadores do Rio voltem a enfrentar trânsito e transporte lotado só pra salvar alguns comerciantes. Ele poderiam se mudar pros subúrbios, onde estão os antigos consumidores deles, trabalhando agora de home office.

  22. Eu sempre adorei o centro do RJ e é triste ver o abandono que se encontra. Infelizmente o transporte público, ou falta dele, também influencia na pouca frequência. Os trens param cedo fim de semana, justamente quando poderíamos aproveitar o roteiro cultural do centro.

  23. As pessoas que comentam aqui não entendem que isso é por conta do home office. Nada a ver com VLT, que, por sinal, é um ótimo meio de transporte. Acho que o povo que comenta aqui só usa carro pra ser tão contra transporte público E, sinceramente, demorou! O sofrimento que o cidadão carioca tinha pra ir todo dia ao centro e voltar pra casa no fim do dia era absurdo e surreal! Chega de tortura em metrô entupido, chega de trânsito infernal! Com o home office, os subúrbios finalmente podem ter vez nessa cidade. Não é só o centro que tá abandonado, a zona norte toda também é. O Rio precisa aprender a pensar na cidade pra todos os seus cidadãos, não só pra quem mora na zona sul. Que essa Pandemia ensine isso

  24. Trabalho desde 1989 no centro do Rio. Sempre gostei desse clima de circulação de pessoas. Seja na hora do almoço, seja no fim do expediente, onde fazemos aquela resenha com os amigos do trabalho, nos diversos bares da região, para curtir um momento relaxante antes de ir pra casa.
    Infelizmente isso acabou. O centro está às moscas. Eu mesmo estou trabalhando em home office. Trabalho apenas uma semana no mês, no centro. A magia existente no centro do Rio, onde quem trabalha bastante tempo não quer sair, acabou. Torço que volte como era antes. Pretendo me aposentar lá.
    “Centro do Rio. Eu quero você de volta”.

    • Nunca vi essa magia no centro do Rio. Sempre foi um lugar quente, abafado, e tinha que usar roupa social pra ficar naquele inferno lotado de gente te empurrando. Fora o sofrimento pra chegar de manhã e ir embora no fim do dia, um verdadeiro horror. Demorou, que o home office perdure e acabe com essa necessidade de ter todo dia a marcha dos pinguins do povo indo e voltando aos montes pro centro todo santo dia.

  25. Trabalhei muitos anos no centro do Rio e era meu local preferido para trabalhar. É uma pena que esteja nessa situação largado totalmente de mão pelos governantes que não fazem nada.

  26. O centro do Rio, sua região Metropolitana, está, ou sempre esteve fora da realidade mostrada, como: cidade maravilhosa.
    Não é, e acredito que nunca foi!
    Tudo é muito ruim, muito descaso com a população, trens a mobilidade urbana é estorinhas da carochinha, o povo carioca está sitiado pela marginalidade, e isso fica claro e flagrante agora com a pandemia.
    O home office é o trabalho com liberdade não só mais produtivo, como tbm mais saudável, e é o futuro da mão de obra, bem vindo a tecnologia.

  27. Lamentável! O descaso que nossa cidade se encontra, reflete os anos de administrações fraudulentas, corruptas feitas por gestores sem noção de cidadania, assim está o nosso Rio??, e assim vai está nosso país. Votamos e continuamos votando em amadores. Cadê os homens de bem para governar e trabalhar por nosso país? Será se só temos políticos que nos envergonham e nos esfregam na cara isso que estamos vendo no Rio. Precisamos aprender a votar ou os políticos precisam aprender a trabalhar? Que pena de nossa cidade e do nosso Brasil.

  28. Lamentavelmente, esta é uma dura realidade. Concordo com um dos comentários feito, sobre VLT, realmente uma infeliz ideia de fazer esse tipo de transporte. O Rio retrocedeu. Criando um sistema de transporte, imitando americano e outros países. Lembrando que em 1965 os bondes foram extintos, principalmente por dizer que davam prejuízo, além de atravancar o trânsito. Essa ideia do VLT só serviu pra por em maior risco a vida dos pedestres. Levando se em conta ser veículo silencioso e muito perigoso. Ninguém divulga as estatísticas dos acidentes com o VLT. Já tomei conhecimento de diversos mas a grande mídia não divulga. O dinheiro gasto nesse tipo de transporte, bem poderia ter sido usado na extensão de mais linhas de Metrô, ou até mesmo na extensão de estradas de ferro. Lembrando o fim do trem de Aço, que fazia trajeto Rio São Paulo. Apenas uma observação!!! Os governantes precisam ouvir mais o anseio do povo. Tenho quase 70 anos e já vi quanta coisa boa foi destruída.

    • Carmo, ninguém divulga acidentes do VLT porque não existem. Houve, depois de 5 anos de operação, 1 acidente fatal em que o pedestre imprudente cruzou a via onde não podia com a composição chegando..

  29. Acho também que o VLT foi um péssimo investimento para o centro do Rio. Os trens prejudicaram o trânsito na Av Rio Branco, acabou com a mobilidade de pedestres em Ruas tradicionais como sete de setembro, além dos mesmos rodarem vazios.

  30. O Rio , de um modo geral, está vivendo uma crise financeira sem precedentes. É um problema que já vem acontecendo há alguns anos e, veio a cereja do bolo que foi essa pandemia.

  31. O Rio passa por um processo de degradação geral que é resultado da falência econômica do país. As desigualdades são percebidas em todo o cenário nacional e as grandes cidades escancaram essa realidade. Deixar de responsabilizar o Governo Federal e administrações regionais ineficazes e corruptas
    é ter uma visão equivocada do problema.
    É inacreditável como a imbecilidade assola o país.
    “Terraplanistas provocam risos, os antivacina provocam mortes”.

    • Pra eles a culpa é só do VLT. E só se preocupam com o centro do Rio, sendo que o subúrbio todo da cidade é degradado mas ninguém fala nada a respeito.

  32. Quando vejo alguns comentarios aqui, elogiando rede Globo, culpando o presidente da republica pelo abandono da cidade do Rio…vejo porque estamos nessa merda toda.
    Povo de merda = vida de merda ?

  33. Acredito que não seja necessário possuir mais que 3 neurônios pra perceber o quão parcial é esse jornalismo brasileiro, principalmente, o da Globo. E acho engraçado esses comentários tachando quem comenta o óbvio de “gente burra”. Ah, lembrei. É aquela velha tática do “acuse os outros daquilo que você é”… O Estado do RJ está quebrado há muito tempo e, consequentemente, boa parte dos seus municípios, em especial, o Rio de Janeiro. Usem a memória e parem de mimimi imputando tudo de ruim que acontece ao Governo Federal atual. Daqui a pouco, até a extinção dos dinossauros terá sido culpa do PresRep

  34. Falar que a Globo tem um ótimo jornalismo e informa bem ? Rapaz em que mundo vc ainda está? A Globo informa o que quer e como quer ..todas as.midias pertencenktes ou com braço no Grupo Globo são tendenciosa e mentirosas.

  35. Eu acredito que a Administração Pública, deve tirar seus funcionários de home office. É isso que está afundando de vez o centro. Não tem como o comércio e o serviço da região serem fomentados dessa forma, com esse tal de “home office”. Eu sou servidora pública de município da região metropolitana e nunca paramos totalmente. Primeiro em regime de escala, de agosto para cá todos os dias. Esses servidores que estão em casa, não saem para trabalhar, mas viajam, vão as praias e festas. Os prédios estão vazios sendo seus custos pagos com o dinheiro do contribuinte. É muita falta de lógica isso. Absurdo?

    • Vire essa boca pra lá! Eu não quero que acabem com o home office, não quero mais enfrentar 2 horas de trânsito e metrô entupido só pra salvar comerciante do centro. Eles que se mudem pra bairros onde tenham maior consumo. Nos subúrbios, o pessoal tá consumindo mais nós comércios locais, graças ao home office

  36. Pessoas vem aqui com pele de Cordeiro para atacar o Presidente. Qual país esta com sua população 100% vacinada. Faltalm vacinas em todos os países, o Brasil é só um deles. A população morando na rua é algo bem antigo na cidade do redentor, o Covid só fez agravar. Deixem ele governar e investir que a economia anda.
    Nunca mais ouvi falar na tal corrupção que tirou de muitos a educação e o conhecimento para produzir.

  37. Boa noite a tds!!!
    Votei no cara,fiz campanha,pedi voto e vibrei mt com minha esposa e amigos no dia de sua vitória…
    Hj,estou mt triste e decepcionado com a forma q ele está governando o nosso país. Concorfo com alguns comentários deixados aqui e,descordos de outros.
    Estou contra ele,não!!! Mas espero q ele mude a minha opinião até o fim do se mandato para q eu possa estar ao lado dele novamente.
    Sou motoboy no Rio há exatos 24 anos…
    Fico mt triste de ver a minha cidade como está hj,apesar de ser morador de,Piabetá na baixada. Confesso q estou começando a ficar com medo do q vejo e espero q osgovernantes,(cujo tds pra mim não prestam),comecem a duma vez por todas pensar em nós. Desculpem o desabafo!!!:(

  38. Um aluguel na almirante Barroso 52 custando 50 mil + condomínio de 15 mil, na atual conjuntura? Esquece…fedor de esgoto, fezes e urina por todo o centro. Uma lástima. Desordem, camelôs vendendo óculos em frente a óticas. Como pode? E o happyhour? Churrasquinho e mesinhas no meio da rua , da av. Rio Branco, na presidente Vargas, inacreditável.

    • Exatamente, que empresa vai querer pagar fortuna em escritório num local decadente e com péssimo transporte público? Mil vezes melhor manter em home office mesmo, tendência global.

  39. Que pena que tem pessoas imbecis que deveriam estar agradecendo o presidente estão de mínimo,oh gente idiota.
    Será que não perceberam que criaram o vírus e a vacina para ferrarem com a economia do mundo?
    Vamos parar de mimimi contra o presidente e culpar de fato quem é culpado.
    Que povo sem noção.credo

  40. Gostaria de saber o porquê tantos comentários ruins dirigidos a TV Globo? Se as televisões modernas vem acompanhada de controle de canais, podendo mudar de canal a qualquer momento.Estranho né?

  41. O Rio precisa de uma gestão séria e dedicada à cidade, e acredito q a Gestão Paes e irá resgatar isso. Quanto ao momento atual, trata-se de problema de SAÚDE PÚBLICA, e mts tem dificuldade ou bloqueio em entender isso e a importância disso na vida das pessoas, e como tal questão deve ser tratado! Não sabem como gerir a questão , então inventam culpados ou querem culpar a Globo, q independente de suas posições em favor desse ou daquele grupo, só está fazendo o seu papel em informar e bem, pois sua equipe de jornalismo é excelente

  42. É incrível ver nos comentários as pessoas colocando a culpa na Globo e na ciência kkkk que gente burra… se o nosso “mito” já estivesse investindo em vacina, muita gente já poderia sair de casa. Mas prefere indicar cloroquina…
    Se o governo federal e estadual tivessem criado um auxílio ao pequeno e médio empreendedor eles teriam conseguido se manter mais tempo. Se tivessem diminuído o imposto sobre produtos só na época da pandemia, muita gente estaria empregada ainda. Se tivessem usado o nosso fundo de reserva que está guardado justamente para emergências, muita coisa teria sido diferente.Todos os países do mundo fizeram isso. Até o EUA com seu presidente maluco. Menos o nosso. Mas pra uma parcela burra da população a culpa é da Globo e da ciência… “Os idiotas vão dominar o mundo. Não pela qualidade, mas pela quantidade, eles sao muitos.”

    • Conversando hoje com um pequeno comerciante no Avenida Central, ele me contou que seu pequeno negócio empregava a antes da pandemia 24 funcionários num espaço de pouco mais de 60m2. Hoje está só com 11 funcionários. Esse fato comprova o que diz a reportagem.

  43. Estes políticos canalhas que estão acabando com o nosso estado e municípios em td território nacional, de tanto roubarem o dinheiro público. Sem contar esta imundice da Tv Esgoto, seus atores e artistas que perderam as mamatas de publicidade e da Lei Rouanet desta infame e destruidora de família e lares Tv Lixo.

  44. RJ, um mundo distopico, onde todo governante, eleito pelo próprio povo Ze carioca, acaba atrás das grades. Responsabilidade solidária !
    E tristeza

  45. O centro da cidade esta um lixo , as ruas todas sujas parece ate uma cidade abandonada , e o pior com um Iptu caro para o servico que nao e prestado pela prefeitura eu não queria está na pele de proprietário de imóveis da cidade e com está política suja de ficarem em casa conseguiram destruir a economia ( viva a Globo lixo, OAB, e políticos de quanto mais pior melhor )

  46. Alexandre Froes, com todo respeito, em SP, MG, etc a economia continua funcionando, mesmo com todo impacto da pandemia.
    Não coloque a culpa dos roubos dos últimos governadores e prefeitos, a maioria presos, em cima dos cuidados necessários por causa da Covid 19.

  47. São os resultados da roubalheira do Dudu Paes no primeiro mandato. Rio de Janeiro está colhendo o fruto pois optaram pelo roubo desenfreado. Centro do Rio está fadado ao caos total.

  48. O RJ está sem freio rumo a completa desgraça social. De álcool a 5 reais o litro sem saber se é mesmo álcool, a cracudo fumando,roubando e matando na zona sul. Centro virou moradia de mendigos,e quem quiser ver com uma “certa segurança” é só desembolsar 5 reais pra percorrer menos de 3 KM de VLT. São nada mais nada menos governadores, prefeito presos e outros que deveriam estar presos e lá estão mandando prender seus adversários.

    • O centro da cidade esta um lixo , as ruas todas sujas parece ate uma cidade abandonada , e o pior com um Iptu caro para o servico que nao e prestado pela prefeitura eu não queria está na pele de proprietário de imóveis da cidade e com está política suja de ficarem em casa conseguiram destruir a economia ( viva a Globo lixo, OAB, e políticos de quanto mais pior melhor )

  49. O Rio de Janeiro está colhendo os frutos de suas escolhas…

    Ainda vai piorar pouco porque a crise econômica em função da pandemia não chegou em seu auge…

    A Petrobrás que mantinha aquecida a economia do Rio ainda está encolhendo…

    Enfim, boa sorte a todos…

  50. É realmente muito desolador o cenário atual do Centro do Rio de Janeiro. Ainda me lembro como se fosse ontem, eu fiz estágio numa empresa em 2003 e naquela época o Centro prosperava de gente e lugares abertos. Era muito bom andar pelas ruas. Agora só vejo notícias de lojas e restaurantes fechando as portas. Pelo jeito tudo vai demorar a voltar como era antes, se é que vai.

  51. Fico extremamente triste, já trabalhei no centro do Rio por muitos anos, na hora do almoço um lugar vibrante que colaborava para alegrar e revigorar o dia de trabalho e a noite de estudo. Agora um filme de horrores, os imóveis se desfazendo pessoas vagando sem rumo, uma profunda indignação me invade a alma e nem um cafezinho para alegrar e mitigar essa dor.
    Trabalho com o infraestrutura verde, cursei Engenharia Urbana no mestrado e esse conhecimento sem poder fazer nada pelo centro da nossa cidades faz essa dor ficar maior.
    Colaboro com meus projetos domésticos e modestos para os lares ficarem mais felizes.

    Minha oração é que uma onda de amo pelo Rio, suba como um tisunami do bem e inunde todos e começamos a nadar nas possibilidades que as crises possibilitam.

    • Não sinto a menor falta do centro do Rio. Lugar infernal, restaurantes caros, muitos de qualidade duvidosa, acesso difícil no horário de rush, tudo lotado e parado feito uma marcha dos pinguins com todo mundo se direcionando pro centro e depois todo mundo voltar junto pra casa. pra que isso? E não é só o centro do Rio, os subúrbios da cidade são mais abandonados ainda e ninguém se preocupa em melhorar.

  52. Completo suas palavras com as minhas altíssimo custo de aluguel, custo operacional caro por causa de velhas práticas impostos altos, desemprego, falta de planejamento e sem falar na corrupção faz o centro do Rio o retrato do grande número de governates presos aqui no estado ..

  53. 1o) Mudanças nas linhas e cores (era uma referência) das empresas de ônibus que atendiam o centro do Rio junto com o VLT enibiram todo um público que via o centro como um polo de compras, consultas médicas e negócios.
    2o) O VLT atende a um público pequeno.
    3o) O Centro do Rio sempre foi abandonado e continuará, pois não existe no país uma preocupação com a História e a urbanização geral dos centros urbanos.
    Ex.: Triste exemplo foi o Palácio Monroe.
    4o) É uma aventura “perigosa” e constrangedora ir ao Centro do Rio para um simples almoço, jantar nem pensar….tudo fechado e sem vida…posso falar pois conheço a mais de 50 anos….triste…

    • Na minha opiniao os prédios antigos abandonados que:se diz patrimônio histórico deveriam ser transformado em residências se bem que,ainda existe bastante cidadão querendo um lar decente e olha que prédios abandonados são muitos caindo a os pedaços vendidos por moradores de ruas,viciados trazendo com sigo a violência por falta de uma oportunidade de trabalho honesto!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui