Festa de Santa Rita agita a comunidade católica do Centro do Rio

Histórica igreja foi palco da celebração em homenagem à padroeira da região central da cidade, cuja data festiva se comemora todo dia 22 de maio. Uma multidão encheu o templo e a rua em frente

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O domingo (21/5) foi de celebração na Paróquia de Santa Rita, no Centro do Rio. A igreja foi palco da festa em homenagem a Santa Rita de Cássia, padroeira da região central da cidade. Lotada de devotos, que encheram a nave e a rua em frente, o evento contou com missas que foram realizadas ao longo do dia, procissão, ornamentação do espaço com rosas e uma linda queima de fogos. Os fiéis também puderam conferir as badaladas dos sinos ao final da solenidade. Além disso, a imagem da Santa fez uma peregrinação de carro pelo Centro e bairros adjacentes.

Apesar da festa ter ocorrido neste domingo, a celebração pelo dia de Santa Rita de Cássia é realizada no dia 22 de maio. A Santa, que que ficou conhecida como a padroeira das causas impossíveis, a protetora das viúvas e a santa das rosas, nasceu na cidade italiana de Roccaporena, uma espécie de vila localizada a 5 km de Cássia, em 1381, e morreu no dia 22 de maio de 1457.

Já a igreja de Santa Rita fica localizada no Largo de Santa Rita, na esquina da Rua Miguel Couto, o templo se destaca entre os altos edifícios do trecho pela sua singela, mas bela fachada, uma combinação entre o estilo barroco-rococó do século XVIII e a arquitetura moderna.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

A devoção a Santa Rita de Cássia foi trazida para o Rio de Janeiro em 1710, quando os portugueses Manuel Nascentes Pinto e sua esposa Dona Antônia Maria erigiram uma pequena capela particular numa chácara próxima à área urbana.

Com o passar dos anos, o número de devotos aumentou exponencialmente, e a imagem de Santa Rita passou a ser levada para a Igreja da Candelária, onde alternava suas ‘estadias’ com a capela do casal. Os portuguueses resolveram então construir uma igreja, dentro do próprio terreno que possuíam, para em seguida doarem-na para uma irmandade que estava formada.

Paco do Ouvidor Festa de Santa Rita agita a comunidade católica do Centro do Rio
O Shopping Paço do Ouvidor é o ponto de encontro no Centro do Rio. Passa no Paço

Foi então iniciada a construção do templo, seguindo, do lado externo, linhas do estilo barroco jesuítico. Ao longo do século XVIII, foi acrescentada uma requintada ornamentação interior, incluindo os altares e retábulos, e também uma bela pia batismal, feita de diferentes tons de mármore. Ao lado da sacristia havia uma nascente cuja água era bastante valorizada pelos fiéis que frequentavam o local, e foi então construído um poço, que atualmente não é mais é utilizado.

O Templo virou Igreja Matriz em 30 de janeiro de 1751, com a criação da Paróquia de Santa Rita. A capacidade é de 250 fiéis sentados. O templo guarda relíquias de Santa Rita de Cássia e de Santo Lenho, sendo tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional ( IPHAN) . Durante o século XIX, ainda foram acrescentados alguns painéis a óleo, retratando cenas da vida de Santa Rita.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Festa de Santa Rita agita a comunidade católica do Centro do Rio

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui