Nem Hélio Negão, e Crivella pode ir tirando o cavalinho da chuva, o senador Flávio Bolsonaro (PSL) reforçou nessa quinta-feira, 26/9, seu apoio ao deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL) como candidato de seu grupo a prefeito do Rio em 2020. A afirmação foi dada em entrevista ao O Globo.

Flávio disse que, hoje, o nome do PSL a uma provável candidatura a prefeito do Rio é o de Amorim, que colocou seu nome a disposição do partido. Já Hélio, que foi cotado, não o quis.

Apesar de não ser totalmente descartado o apoio a reeleição de Crivella, o presidente estadual do PSL disse: “Tenho respeito por ele como pessoa e pelos valores que defende. Mas o nome dele não está com boa avaliação”. Bem, se for esperar melhorar a avaliação do bispo, Amorim já pode mandar imprimir os seus santinhos.

Witzel Ingrato

Na mesma entrevista Flávio Bolsonaro chamou Witzel de ingrato quando este disse que não se elegeu com apoio de Jair Bolsonaro:

“Witzel diz que não contou com o nosso apoio para se eleger, mas, na campanha, me procurou pedindo que assinasse uma autorização para poder divulgar fotos ao meu lado. Eu atendi. Não me arrependo, mas esperava mais consideração. Só existe uma palavra para isso: ingratidão. Ele é ingrato ao dizer que não se elegeu com o apoio de Bolsonaro. É uma narrativa que beira a traição”,

Bem, permitir uso da imagem não é o mesmo que apoiar…

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui