Praia dos Amores, um charmoso cantinho da orla da Barra da Tijuca

Considerada uma extensão do Quebra-Mar, a Praia dos Amores fica ''embaixo'' do Elevado do Joá é conhecida por ser bastante rasa, com águas muito tranquilas para a prática do banho

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Praia dos Amores - Foto: Reprodução/Te Vejo pelo Mundo

Quando pensamos em praia no Rio de Janeiro, logo remetemos a lugares como Copacabana, Ipanema e Leblon, na Zona Sul, e Barra da Tijuca, na Zona Oeste. E é justamente nesse último bairro que está localizada a Praia dos Amores, um espaço ainda não tão conhecido do grande público, mas bastante interessante para quem procura sair da agitação das mais famosas.

Considerada uma extensão do Quebra-Mar, trecho da extensa orla da Barra, a Praia dos Amores fica ”embaixo” do Elevado do Joá é conhecida por ser bastante rasa, com águas muito tranquilas. No entanto, é importante destacar que sua utilização está diretamente condicionada com a maré não estar alta, pois a faixa de areia desaparece.

É uma das menores praias do Rio e consegue oferecer dias de águas cristalinas e com uma mudança de visual – que nem parece ser na Barra – com casas e prédios mais baixos, restaurantes e ângulos da Pedra da Gávea. Contudo, a mesma praia pode reservar águas poluídas pelo esgoto do Complexo Lagunar da Barra – a Praia dos Amores fica na foz da Lagoa da Tijuca, ao lado do Quebra-Mar, debaixo da Ponte da Joatinga.

A maré influencia diretamente a qualidade da água, por isso, para não tomar um susto com dia de praia suja, especialistas dão dica de como saber quando a praia estará cristalina. De acordo com oceanógrafo David Zee, o visitante tem que observar o movimento, o horário, da maré e até as fases da lua.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

O ideal é ir às luas nova e cheia, na maré de sizígia (quando a superfície do oceano sobe e desce mais que o normal). Nessa situação, quando a maré está na baixa, ela vaza com força, quando está na cheia, entra com força. Se você for em um dia de lua cheia e lua nova procure ver o horário de maré cheia. E, nesses horários que o mar entra com muita força, a maré vai estar muito limpa, muito bacana para curtir. Quando estiver baixando, vai estar toda suja”, explicou Zee, ao G1.

Protegida do mar aberto, a praia raramente tem água agitada, e atrai praticantes de stand up paddle, caiaque e jet ski, entre outros esportes náuticos.

”Já fui algumas vezes à Praia dos Amores e super indico. Em dias de sol e maré baixa, é um lugar ideal para curtir um mar calmo e com cenário belíssimo para boas fotos. Vale muito a pena ir”, diz Rebeca Fonseca, moradora de Jacarepaguá.

praia dos amores 2 Praia dos Amores, um charmoso cantinho da orla da Barra da Tijuca
Praia dos Amores – Foto: Reprodução/Te Vejo pelo Mundo

Vale ressaltar que a região do Jardim Oceânico, onde está situada a Praia dos Amores, é considerada quase que um sub-bairro da Barra, por ter ”vida própria”. Por lá, há também a Ilha da Gigóia, considerada por muitos como a ”Veneza carioca”, um local totalmente aprazível para fugir da agitação do Rio de Janeiro sem sair da cidade.

Como chegar

A Praia dos Amores fica a uma distância de aproximadamente 25 minutos a pé da estação de metrô Jardim Oceânico. Além disso, as linhas de ônibus 863, 301/302, 565 e 548INT3 passam pela região.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Praia dos Amores, um charmoso cantinho da orla da Barra da Tijuca

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui