‘Proteja o BRT’: perfil no Instagram e no Twitter vai expor atos de vandalismo em ônibus e estações

A proposta do perfil é expor as pessoas que cometerem atos de vandalismo nos veículos e estações do BRT

Imagem apenas ilustrativa - Ônibus do BRT no Terminal Alvorada - Foto: Cleomir Tavares/Diário do Rio

Foi divulgado pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, nesta sexta-feira (06/01), o perfil @protejaobrt. A proposta das páginas (no Twitter e no Instagram) é expor as pessoas que cometerem atos de vandalismo em ônibus e estações.

Vamos tornar famosos aqueles que destroem o BRT. Quando você vir alguém destruindo esse patrimônio público comprado com seu dinheiro, dá o jeito de tirar uma foto ou fazer um filme e manda pelo DM do perfil @protejaobrt que a gente vai publicar lá a foto colorida dos pouco inteligentes (educado eu né?) que tornam a vida dos cariocas pior. Vamos cuidar do que é nosso”, disse Paes nas redes sociais.

Os veículos e estações do BRT são alvos frequentes de atos de vandalismo, o que afeta diretamente o funcionamento do serviço e interfere na mobilidade da cidade.

Há poucos dias, um ônibus recém-inaugurado foi vandalizado na cidade do Rio. O DIÁRIO DO RIO denunciou, assim como também noticiamos um homem que foi preso ao quebrar o retrovisor de um BRT.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Do jeito que as coisas estão invertidas, é capaz disto se transformar numa excelente forma dos vândalos processarem a prefeitura por exporem suas imagens sem autorização. O STJ esses dias julgou que alguém quebrar cadeado, arrombar portões – ainda que armado – NÃO configura tentativa de roubo. Então, expor uma pessoa destas vai gerar perdas ao município.

    Gente, não será perfil de twitter ou instagram que dará jeito no vandalismo. É punibilidade, reparação dos danos às expensas dos vândalos! Só que isso além de dar trabalho, não dá marketing pro Paes Palho. Por isso, ele prefere ficar internetando…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui