Washington Quaquá, presidente do PT-RJ (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Pode ser que o governador em exercício Claudio Castro (PSC) não ganhe a eleição para governador do Rio de Janeiro em 2022 por W.O. De acordo com Berenice Seara/Extra, o ex-prefeito de Maricá, Washington Quaquá (PT) pode ser o candidato dos Trabalhistas a governador.

O PT tem, para Seara, 4 opções, além de Quaquá. Uma improvável filiação do deputado federal Marcelo Freixo ao partido. Hoje no PSol, Freixo dificilmente largaria o partido e a provável reeleição em 2022, com ainda mais votos que em 2018, visto o crescimento de seu partido em 2020, e com chances de crescer ainda mais a bancada.

A outra seria a candidatura do atual prefeito de Maricá, Fabiano Horta, eleito com 88.09% (e os outros candidatos não eram a Karol Conká, Nego Di ou a Lumena), é um nome fortíssimo, mas não quer largar a Prefeitura. E, claro, a vitória dele é fortemente ligada ao nome de Quaquá.

Haveria a opção de apoiar uma candidatura do ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), que elegeu seu sucessor e teve uma gestão aprovada. Mas ele insiste que será candidato a deputado federal, e além disso foi preso enquanto era prefeito, o que atrapalha bastante em uma eleição, mesmo no Rio de Janeiro.

A outra opção que diz Seara, é que o PT apoiasse, vejam só, a candidatura de Claudio Castro. Logo ele que deve ser o candidato do presidente Jair Bolsonaro a governador no Rio de Janeiro. Há quem no partido apoie a ideia, mas como explicar isso para os eleitores?

Quaquá pode realmente ser uma pedra no sapato de Castro. Tem por trás dele um trabalho muito elogiado em Maricá, onde implantou o Vermelhinho, um serviço de ônibus gratuito, tornando a cidade a primeira do Brasil com mais de 100 mil habitantes a adotar um programa de transporte público gratuito.

Em 2018 chegou a ter 74.175 votos para o cargo de deputado federal. Mas seus votos foram anulados pelo TSE, pois foi condenado pela 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) ao utilizar, quando estava à frente da Prefeitura, decreto municipal que concedeu, de forma indevida e indiscriminadamente, gratificação de representação de gabinete a mais de cem correligionários e apadrinhados políticos.

De acordo com a decisão do TJ, as gratificações, que aumentaram em 100% os vencimentos básicos, foram distribuídas sem qualquer respeito a critérios legais ou administrativos.

Entretanto, em 2022, o período de inelegibilidade já terá passado e poderá ser candidato.

8 COMENTÁRIOS

  1. Dificilmente votaria nesse cara de Maricá, e olha que tô disposto a votar no Garotinho. Precisamos de alguém capaz não só de administrar, mas voltar a fazer um Estado estagnado há uma década recuperar o tempo perdido e avançar. Sem política contínua e decente deSegurança pública, infraestrutura sucateada, agricultura estagnada, indústria em queda livre, especulação & milícia comendo solta.
    TUDO no Estado está mal. Precisaremos tomar muito cuidado com nosso voto, e n temos nenhum candidato amplamente aceito e conhecido.

    Esse Castro é uma piada. Tá aí faz meses e vc vai na rua e ninguém sabe quem é, pior que nem o básico faz direito

  2. Quá quá quá… Ainda bem que tem um vídeo disponível dele falando que rouba sim, mais faz obras, isso será mais que suficiente para esse câncer não engane o povo novamente! Tralha que na China ou outro país sério já tinha tomado pena de morte ou perpétua!

  3. Candidato dos Trabalhistas? Desculpem, mas isso não é fazer jornalismo sério, é birrinha da 5ª série. O cidadão tem direito de ser de direita, mesmo sem entender exatamente o que isso significa, porém precisa
    estudar muita história, ler vários autores, plurais, amadurecer bastante para chegar a ser um jornalista respeitável. O partido é dos trabalhadores, como todos sabem então, ao invés de usar uma expressão errada para se referir ao partido, deveria buscar uma terapia para trabalhar o recalque.

    • Por que será que a população vota em peso no PT em Maricá (hein?)
      Não pode o PT por causa disso ou aquilo…
      Idiotice desse antipetismo… Veja que o Rio esteve nas mãos e afundou nas fraudes e desvios com outro partido se verificarmos os eleitos nas últimas eleições: o MDB, o PSL o PR.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui