Vista do Bar Caiçara, na Ilha da Gigóia - Foto: Tathi P.

Iniciada na última sexta-feira (30/07), a edição 2021 do Comida di Buteco, um dos principais concursos gastronômicos do país, tem, ao todo, 73 bares e restaurantes concorrentes no Rio de Janeiro, todos eles da Região Metropolitana do estado (capital, Baixada Fluminense e Niterói).

Na Barra da Tijuca, bairro da Zona Oeste do Rio, especificamente falando, são 2 estabelecimentos participantes, e ambos da aprazível Ilha da Gigóia, localizada no Jardim Oceânico, uma espécie de ”sub-bairro” local: Bar Caiçara e Maracuyá da Ilha.

O Caiçara, um dos principais bares da região, conhecido por sua exuberante vista, criou o petisco ”O Plantio é Opcional, a Colheita é Obrigatória”. Trata-se da mistura de farofa crocante de mandioca, cenoura, beterraba e amendoim temperado com cebola, alho e açafrão. Ele vem acompanhado de batata calabresa em conserva picante e salada de agrião com picles e pétalas comestíveis.

Respectivamente, petisco do Caiçara no Comida di Buteco 2021 e a vista do bar – Fotos: Divulgação/Comida di Buteco e Reprodução/Bar Caiçara

Já o Maracuyá, localizado a cerca de 60 metros dali, faz um trocadilho com seu próprio nome e aposta no ”Maracutaya”, isto é, camarões empanados em farinha crocante e parmesão servidos com purê de batata doce levemente apimentado e mel de maracujá.

Temos o Imóvel que você procura. Block Imóveis

Um dos proprietários do restaurante, o empresário Vinicius Cunha, que também é chef de cozinha da casa, vale ressaltar, explica que a origem do nome aconteceu pela pronúncia errada de uma cliente em certa ocasião. ”A escolha do nome do prato veio como uma surpresa, em um dia que uma cliente confundiu a pronúncia do nome do restaurante e o chamou de ‘Maracutaya’. Ao pensarmos em algo brasileiro para nomear o prato, imediatamente o episódio foi lembrado e usado como inspiração”, diz.

”Buscamos reunir, em um único prato, a representação das nossas raízes, da nossa localização e proximidade com o clima praiano. A junção de terra e mar é o que melhor poderia ilustrar o nosso cenário, no coração de uma ilha”, complementa ele.

Fachada do Maracuyá e o petisco do restaurante no Comida di Buteco – Fotos: Reprodução/Restaurant Guru e Divulgação/Comida di Buteco

Já Patrícia Toledo, sua esposa e também sócia do Maracuyá, destaca a felicidade de participar do festival em meio às dificuldades impostas pela pandemia: ”Após um ano tão caótico, e na tentativa de retomada da normalidade, participar de um concurso tão acolhedor é uma honra. Poder, ainda que com as limitações, receber pessoas, levar nosso nome e prato para um alcance maior é gratificante. Que possamos recebê-los muito bem e que se deliciem com nosso prato.”

Patrícia, Vinicius e o filho do casal, Bernardo – Foto: Divulgação/Comida di Buteco

Outros bares da Zona Oeste

Além dos 2 bares da Barra, a Zona Oeste carioca tem mais 9 estabelecimentos concorrendo no Comida di Buteco 2021. Na região em torno de Jacarepaguá, a Taquara é o bairro com mais representantes, isto é, 4: Art Chopp (”Bolinhos de Ouro”); Bar do Gallo (”Esse Petisco é uma Sacanagem”); Tibar (”Trio Tibar”) e Vint 2 Bar (”Roçando na Coxinha Até o Osso”).

Respectivamente, de cima para baixo, petiscos do Art Chopp, Bar do Gallo, Tibar e Vint 2 Bar – Fotos: Divulgação/Comida di Buteco

Paralelamente, há também o Baixo Araguaia (”Dupla do Barulho”), na Freguesia, e o Empório Santa Oliva (”Zé Cupim”), no Anil. Já em Vila Valqueire, são 3 restaurantes participando do concurso: Bistrô Aconchego (”Tô Te Vendo”), Hora Extra Bar Gourmet (”Raiz³”) e Imaculada (”Frango Raiz”).

Lado esquerdo: Baixo Araguaia (em cima) e Empório Santa Oliva (embaixo) | Centro: Bistrô Aconchego | Lado direito: Hora Extra (em cima) e Imaculada (embaixo) – Fotos: Divulgação/Comida di Buteco

Término do concurso e versão híbrida

O Comida di Buteco 2021 fica disponível ao público até 29/08. Na atual edição, devido à pandemia, o concurso disponibiliza também o serviço de delivery, ou seja, a pessoa recebe em casa o seu prato, sem necessariamente ter que ir ao bar experimentá-lo.

No entanto, essa modalidade não consta para a escolha do melhor petisco do RJ, isto é, somente a ida presencialmente aos estabelecimentos concorrentes valerá para o cliente votar.

Isso acontece pois, além da qualidade da comida, a organização do festival leva em consideração também o atendimento, a temperatura das bebidas servidas, o nível de limpeza dos banheiros, entre outros quesitos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui