Quase 98% das escolas particulares do Rio não têm grêmio estudantil

Pesquisa do Instituto Rio21 aponta que grêmios são mais comuns nas escolas públicas cariocas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa - Foto: Reprodução

Considerando a importância da educação para o bom desenvolvimento de um país, de um estado, de uma cidade e até mesmo de um bairro, o Instituto Rio21 fez uma série de análises dos dados do Censo Escolar 2022 (especificamente do município do Rio de Janeiro), divulgados semana passada pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Esta é a última matéria da série e, dessa vez, falamos sobre um aspecto fundamental do sistema educacional: a relação entre escola e comunidade.

Entre as escolas cariocas, pouquíssimas possuem associações de pais. As que mais possuem são as escolas federais, chegando a apenas 28%. Vale lembrar, também, que há muito menos escolas federais do que de qualquer outro tipo de dependência.

image 18 Quase 98% das escolas particulares do Rio não têm grêmio estudantil
Existência de Associação de Pais nas escolas da cidade do Rio de Janeiro, por tipo de dependência escolar – Fonte: Censo Escolar 2022 – Elaboração: Instituto Rio21

Por outro lado, a maioria possui site ou blog ou página em redes sociais para comunicação institucional, facilitando a transmissão de informações sobre a escola para a comunidade de forma geral:

Advertisement

Leia também

Lula retorna ao Rio para inauguração do Terminal Gentileza nesta sexta-feira

Taxas de condomínio disparam no Rio; confira bairros com valores mais altos

image 19 Quase 98% das escolas particulares do Rio não têm grêmio estudantil
Percentual de escolas da cidade do Rio de Janeiro que possuem site, blog ou página em redes sociais para comunicação institucional, por tipo de dependência escolar – Fonte: Censo Escolar 2022 – Elaboração: Instituto Rio21

Esse fato só não se verifica entre as escolas estaduais da cidade, dentre as quais a maioria não possui presença institucional em redes sociais.

Outro órgão escolar que costuma fazer ponte entre a escola e a sociedade são os grêmios estudantis, responsáveis pela representação dos alunos. Grêmios mais bem estabelecidos organizam, por exemplo, palestras e eventos nas escolas, contando com a participação da sociedade civil.

Segundo os dados do Censo, grêmios são mais comuns nas escolas públicas cariocas, enquanto um percentual muito baixo de escolas particulares possui grêmio:

image 20 Quase 98% das escolas particulares do Rio não têm grêmio estudantil
Existência de grêmio estudantil nas escolas da cidade do Rio de Janeiro, por tipo de dependência escolar – Fonte: Censo Escolar 2022 – Elaboração: Instituto Rio21

O Instituto Rio21 já fez a análise de uma série de outros aspectos das escolas de ensino básico cariocas. Elas podem ser acessadas através dos links abaixo:

Rio tem quase 5 mil escolas na rede de educação básica; mais de 50% delas são particulares

Escolas privadas são as que menos apresentam bibliotecas, salas de leitura e quadras esportivas

Mais de 60% das escolas possuem computadores, mas poucas têm acesso à internet

Mais de 98% das escolas municipais oferecem alimentação para os alunos, mas poucas têm nutricionistas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Quase 98% das escolas particulares do Rio não têm grêmio estudantil

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui